Coger participa de 1º Encontro de Corregedores com atuação no Acre

Objetivo do encontro é estreitar relações entre as corregedorias, promovendo o compartilhamento de experiências e articulação para a realização de ações conjuntas

O corregedor Geral de Justiça do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargador Elcio Mendes participou, na última sexta-feira, 23, do 1º Encontro de Corregedores com atuação no estado do Acre, sediado na sala de sessões do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC).

A finalidade é estreitar relações entre as corregedorias com atuação no estado, promovendo o compartilhamento de experiências, articulação para a realização de ações conjuntas, além de facilitar a troca de informações entre os órgãos com o intuito de proporcionar mais agilidade e melhorar o atendimento ao cidadão.

Além do corregedor Geral de Justiça do TJAC, desembargador Elcio Mendes, estiveram presentes o corregedor-geral do MPAC, Álvaro Luiz Araújo Pereira, o secretário geral da Corregedoria, Washington Moreira, e os promotores corregedores Nelma Araújo e Alekine Lopes. Também participaram o representante do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB/AC, Andrias Sarquis, o corregedor nacional do MP, Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto, além de corregedores da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Iapen, Corpo de Bombeiros, Defensoria Pública do Acre, Câmara Municipal de Rio Branco, Procuradoria Geral do Estado e Ministério Público de Contas.

O corregedor-geral do MPAC abriu o encontro destacando que a iniciativa é um primeiro passo para uma maior aproximação entre as corregedorias do Acre e que a expectativa é formar um foro permanente com encontros periódicos. “Queremos estabelecer um diálogo inicial, nos conhecermos e formamos uma verdadeira network, a fim de que possamos conseguir, com essa aproximação, trocar informações de maneira direta e trazer as respostas com mais agilidade. Nossa ideia é que a Corregedoria seja um centro de irradiação de boas práticas e de fomento a práticas institucionais”, disse.

O corregedor-geral de Justiça, desembargador Élcio Sabo Mendes Júnior, falou sobre o papel das corregedorias e a importância do encontro. “Coloco sempre a Corregedoria como um coração, é o que faz pulsar toda a instituição que está em volta. É através dela que se estabelecem referências internas e exemplos a serem guiados externamente pela sociedade em geral. Momentos como este são importantes para que conheçamos sobre o dia a dia de cada instituição presente e saibamos estabelecer alinhamentos internos para que nossas instituições sejam guias na construção de um país cada vez melhor”, ressaltou.

Na ocasião, os participantes apresentaram a composição e os desafios das corregedorias de cada órgão. Um próximo encontro foi definido, previsto para o dia 18 de novembro, com a proposta de discussão de pautas específicas.

Com informações Agência de Notícias do MPAC

Elisson Nogueira Magalhaes | Comunicação TJAC