Ações sobre violência doméstica do TJAC são apresentadas na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado

Audiência pública extraordinária ocorreu na Câmara dos Deputados.

A coordenadora estadual das Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário Acreano, desembargadora Eva Evangelista, participou, nessa quarta-feira, 10, na Câmara dos Deputados, da audiência pública extraordinária da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.

Na oportunidade, a desembargadora, por indicação da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC), apresentou algumas ações que o Poder Judiciário Acreano tem executado em prol do combate à violência contra a mulher.

Algumas das ações estão relacionadas à virtualização dos inquéritos policiais da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Rio Branco, os grupos reflexivos destinados aos cumpridores de pena de violência doméstica, o fortalecimento da Rede de Proteção à Mulher , entre outras atividades.

Em seu discurso, a desembargadora salientou sobre as iniciativas adotadas pelo Tribunal de Justiça Acreano estarem servindo de objeto de construção para o Ministério da Justiça e Segurança Pública e também para o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

“Estou muito honrada pelo Acre, TJAC e seus representantes aqui presentes. Todos que estão aqui é porque têm compromissos com a causa da violência doméstica e familiar. A violência doméstica é silenciosa. Necessita, fundamentalmente, para o seu combate, que o sistema possa garantir o acesso à justiça, que possamos ter políticas públicas efetivas”, salientou.

A deputada federal Perpétua Almeida agradeceu a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, que acolheu o tema, e destacou o trabalho que a Coordenadoria Estadual das Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar vem fazendo, inclusive, para as mulheres indígenas.

A secretária nacional de Políticas para Mulheres, Cristiane Britto, lamentou o aumento dos casos de violência contra a mulher e pretende buscar respostas para o problema que tomou proporções alarmantes em todo o país.

Veja o vídeo da audiência

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,