VEPMA reúne atores de violência doméstica em medidas alternativas

“Homens em Transformação” atua na desconstrução do machismo e é realizado todas às quintas.

A Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas da Comarca de Rio Branco (VEPMA) teve, nessa quinta-feira, 30, mais um encontro com atores de violência doméstica em medidas alternativas.

O grupo, denominado “Homens em Transformação”, é coordenado por uma equipe multidisciplinar do Judiciário Acreano e atua na desconstrução do machismo, pela questão de os atores terem dificuldade em reconhecer seus atos como violência.

Os encontros, promovidos com a participação de voluntários de diversas áreas (promotores, defensores, procuradores, advogados, assistentes sociais, psicólogos, historiadores, coach comportamental), buscam incentivar a reflexão sobre gênero, masculinidade, uso abusivo de álcool e drogas, sexualidade, comunicação não violenta, trabalho e renda, legislação e outros.

Nesse último encontro, que contou aproximadamente com 40 cumpridores de pena, o palestrante convidado foi o advogado Marcos Vinicius. Ele abordou o tema “As consequências da violência doméstica de jovens e adolescentes”.

“Violência doméstica é um assunto complexo. Minha participação em ministrar a palestra é tentar, de alguma forma, dar um passo a mais nessa caminhada e fazer com que esses cumpridores de pena reflitam e não voltem a cometer crimes”, disse.

Rede de Proteção à Mulher

No mesmo encontro, ocorreu a visita da Coordenadoria Estadual das Mulheres em Situação de Violência Doméstica do Poder Judiciário Acreano, desembargadora Eva Evangelista e representantes da Rede de Proteção à Mulher.

Na ocasião, a decana da Corte Acreana salientou a importância do grupo “Homens em Transformação” e destacou sobre a necessidade do respeito, amor e família abordando questões cotidianas, culturais e comportamentais, relacionadas ao machismo e às conduta opressivas e violentas nos lares acreanos. Ela também abordou sobre o papel social do Tribunal de Justiça do Acre.

A juíza de Direito Andréa Brito, titular da VEPMA da Comarca de Rio Branco, é uma das responsáveis por implantar o grupo. Em seu pronunciamento, ela enfatizou o lado socializador e a transformação pela educação.

Um dos integrantes do grupo, que preferiu não se identificar, definiu o momento ser de aprendizado. “Realmente refletimos muito durante as palestras. Aprendemos uma nova realidade”, contou.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,