TJAC recebe representante do TJMS que compartilha experiência exitosa da CEPRE

Com experiência de quase uma década, atualmente, a Central de Processamento de Eletrônico do Poder Judiciário sul-mato-grossense trabalha com 830 mil processos em torno de 500 servidores

Dando continuidade a capacitação dos servidores que atuarão na Central de Processamento Eletrônico (CEPRE), o Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) recebeu nesta quarta-feira, 6, na Escola do Poder Judiciário (Esjud), a representante do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (TJMS) que compartilhou experiências exitosas do Poder Judiciário sul-mato-grossense.

Prestigiaram a apresentação no terceiro dia do curso Conhecendo a Central de Processamento Eletrônico (CEPRE), a governadora em exercício, desembargadora Waldirene Cordeiro, o corregedor-Geral da Justiça, desembargador Elcio Mendes, o superintendente da CEPRE, desembargador Samoel Evangelista, e o juiz coordenador da CEPRE Alex Oivane.

A diretora da Secretaria Judiciária de 1º Grau do TJMS, Conceição Pedrini falou de sua participação compartilhando experiências da Central de Processamento Eletrônico de Feitos Judiciais (CPE), equivalente a CEPRE que será implantada no TJAC. “Ficamos lisonjeados e felizes pelo convite do Poder Judiciário acreano, pois é a validação de quase 10 anos de trabalho desenvolvido no Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul. Então é uma credibilidade que conseguimos ao longo desse tempo”.

Desde as primeiras tratativas em 2012 até hoje, Conceição fala ainda sobre os problemas enfrentados pela CPE/TJMS, que atualmente trabalha com 830 mil processos em torno de 500 servidores. “Não tínhamos referência para embasamento, então ao longo do tempo, fomos adequando a medida que as situações aconteciam. Hoje o Acre tem condições que ver as situações que deram certo e que não deram certo. Ter uma noção facilita ainda mais para as equipes que trabalharão com o sistema”.

A programação do curso se estende até sexta-feira, 8, que ainda abordará padronização de fluxo e rotinas das atividades da CEPRE, dimensionamento da força de trabalho, integração e adaptação da equipe.

O Provimento Nº 05/2022, assinado pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Elcio Mendes, publicado nesta terça-feira, 5, no Diário da Justiça Eletrônico, informa sobre as atribuições dos servidores, da central e do núcleo; o que compete aos servidores; da gestão de pessoas; da dotação de pessoal e da produtividade.

Elisson Magalhães | Comunicação TJAC