Corregedora-geral Waldirene Cordeiro participa de posse do ministro Humberto Martins como corregedor do CNJ

Solenidade ocorreu nesta terça-feira (28), em Brasília.

A corregedora-geral da Justiça, desembargadora Waldirene Cordeiro, participou, nesta terça-feira (28), da posse do ministro Humberto Martins como corregedor no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em Brasília. A posse foi presidida pela ministra Cármen Lúcia, presidente do CNJ.

Martins assume o cargo até então ocupado pelo ministro Otávio de Noronha que tomará posse na noite desta quarta-feira (29) na Presidência do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ato que também será prestigiado pela desembargadora.

Na solenidade o empossado frisou sobre transparência destacando que a função da Corregedoria Nacional de Justiça continuará sendo marcada pela difusão de um valor que foi muito caro aos seus antecessores e que para ele é incontornável: o compromisso com a transparência.

“Esse compromisso se expressa na necessidade de fazer com que os magistrados estejam mais próximos da sociedade, para que o cidadão possa conhecer o seu juiz”, disse Humberto Martins.

Ele também citou dados de 2016, quando havia quase 80 milhões de processos em tramitação no Brasil, para um total de pouco mais de 18.000 magistrados, incluídos os magistrados de segundo grau e os ministros de tribunais superiores.

Ao cumprimentar o novo corregedor nacional, desembargadora Waldirene Cordeiro o parabenizou e ressaltou que a função de corregedor é fundamental para assegurar a autonomia, a transparência e a eficiência do Poder Judiciário.

Postado em: COGER, Galeria, Notícias | Tags:,

Fonte: Atualizado em 13/08/2020