Desembargadores participam do 1º Encontro Ibero-Americano da Agenda 2030 no Poder Judiciário

O encontro faz parte das ações desenvolvidas pelo Comitê Interinstitucional do Conselho Nacional de Justiça.

O Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC), representado pelos desembargadores Laudivon Nogueira e Waldirene Cordeiro, integrou o 1º Encontro Ibero-Americano da Agenda 2030 no Poder Judiciário, que ocorreu em Curitiba nos dias 19 e 20 de agosto. Promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o evento teve como principal finalidade discutir a institucionalização dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) na Justiça brasileira.

O encontro faz parte das ações desenvolvidas pelo Comitê Interinstitucional do CNJ, destinado a realizar estudos e apresentar proposta de integração das metas do Poder Judiciário com as metas e indicadores dos ODS. A Agenda 2030 pretende construir novos caminhos e promover ações para combater a pobreza, fomentar a prosperidade e o bem-estar de todos, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas com abrangência em três dimensões: econômica, social e ambiental.

Na ocasião, o desembargador Laudivon Nogueira representou o presidente do TJAC, desembargador Francisco Djalma, e a desembargadora Waldirene Cordeiro, o Núcleo Socioambiental Permanente (NUSAP), do qual é coordenadora.

Durante a abertura do evento, o presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, abordou sobre o alinhamento do Poder Judiciário com a implementação da Agenda 2030 e disse que ” baseia-se em compromisso internacional firmado pelo Estado brasileiro, constituindo responsabilidade transversal em relação às instituições dos países signatários”.

*Com informações do CNJ.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:, ,

Fonte: GECOM Atualizado em 26/08/2019