CNJ abre consulta pública sobre segurança cibernética no Judiciário

A consulta pública estará disponível até 04/04/2021 e não há restrição quanto ao público-alvo e número de participantes.

O Conselho Nacional de Justiça está com consulta pública aberta para colher sugestões e/ou críticas acerca das minutas de normativos que estabelecerão a estratégia e a política de segurança cibernética do Poder Judiciário.

Os referidos documentos foram elaborados pelo Comitê de Segurança Cibernética do Poder Judiciário, instituído pela Portaria CNJ nº 242, de 10 de novembro de 2020. A consulta pública estará disponível até 04/04/2021 e não há restrição quanto ao público-alvo e número de participantes.

Os documentos abrangem a política de segurança cibernética e a estratégia nacional de segurança cibernética, incluindo a governança e gestão de segurança da informação. Também estabelece padrões mínimos de gestão de riscos e de proteção de ativos de tecnologia da informação e comunicação, além de requisitos que assegurem confiança digital, prevenção e mitigação de ameaças cibernéticas.

A participação das pessoas interessadas pode ser feita pelo Portal do CNJ, onde podem ser conhecidas as propostas e acessado o formulário para colaborar. Clique aqui e colabore!

Assessoria | Comunicação TJAC