TJAC participa de evento sobre nova política nacional de processo eletrônico

Tribunais serão intimados para que apresentem manifestação escrita sobre o tema

A Comissão Permanente de Tecnologia da Informação e Infraestrutura promoveu na segunda-feira, 24, a primeira reunião da ação que visa ao aperfeiçoamento da política nacional de processo eletrônico, em cumprimento à determinação do Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC), desembargador Laudivon Nogueira, esteve presente na atividade, dentro dos quase 70 representantes de tribunais do país. Na ocasião, os presentes puderam expor aos conselheiros integrantes da comissão suas avaliações sobre o rumo a ser seguido na informatização processual.

“O evento, que teve o escopo de realizar debates para o aperfeiçoamento da Política Nacional de Tecnologia da Informação do Poder Judiciário, também proporcionou discussões, dentre outros temas, sobre a utilização do PJe como único ou principal sistema processual eletrônico”, disse o vice-presidente.

O secretário geral, desembargador Carlos Vieira Adamek, afirmou que o sistema único de processo eletrônico representa, mais do que uma política da gestão do ministro Dias Toffoli, mas uma política aprovada pelo Plenário do Conselho e reafirmada pelo Tribunal de Contas da União ao analisar a questão.

Ao final dos trabalhos, entre outros encaminhamentos, a comissão deliberou, como próxima etapa do trabalho de revisão da política, intimar os tribunais para que apresentem manifestação escrita sobre o tema. Com informação do CNJ

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 24/09/2019