Presidência do TJAC reforça ações de compromisso social

Entre as diversas atividades que dialogam com as metas da Agenda 2030, atual gestão encerra ano judiciário com mobilização para reforma do Hospital do Câncer.

Além da missão de combater crimes e a injustiça, uniformizar a jurisprudência, o Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC) tem executado cada vez mais o compromisso social perante a comunidade. Neste ano de 2019, a atual gestão do Poder Judiciário Acreano descentralizou demandas voltadas a cidadania para que cada coordenadoria pudesse se empenhar na promoção e efetivação dos direitos humanos.

Foram diversas ações educativas nas escolas, universidades, igrejas, entidades sociais, entre outros locais, levando informações de combate à violência, sobre a importância da sustentabilidade, direitos e deveres do cidadão. E já no final do segundo semestre, uma das principais ações que reafirmam o compromisso social da Presidência do TJAC foi o início do projeto para a reforma do Hospital do Câncer do Acre (Unacom).

“É dever do Estado? Sim, é dever do Estado. Mas não nos custa nada ajudar a prover as condições que aquelas pessoas merecem. Vamos fazer isso”, diz o presidente do TJAC, desembargador Francisco Djalma.

A ideia para ajudar na reforma da unidade hospitalar surgiu quando o desembargador-presidente visitou o local para marcar o encerramento da campanha Outubro Rosa do Poder Judiciário Acreano, com a entrega de lenços arrecadados por magistrados e servidores às mulheres em tratamento de câncer. Ao constatar as condições precárias do lugar, com obras inacabadas, causando mais riscos aos pacientes, o desembargador-presidente decidiu mobilizar a classe empresarial para cada um apadrinhar uma ala e terminar a reforma.

“Somos defensores das garantias fundamentais e da dignidade da pessoa humana, atuando na construção permanente de uma sociedade mais justa, livre, próspera e solidária”, afirmou.

Um grupo foi criado para definir o andamento das ações, discutir orçamento e mobilizar os recursos para a obra. As discussões estão avançadas e devem gerar resultados em breve.

Agenda 2030

O projeto vai ao encontro ao alcance das metas da Agenda 2030, criada como a finalidade de erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade, a partir de um conjunto de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

A Agenda 2030 pretende construir novos caminhos e promover ações para acabar com a pobreza, fomentar a prosperidade e o bem-estar de todos, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas, com abrangência em três dimensões: econômica, social e ambiental.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,

Fonte: Publicado em 18/12/2019