Mutirão de julgamento de casos previdenciários é realizado na Comarca de Tarauacá

Ação iniciou dia 23 de agosto e segue até dia 9 de setembro, com previsão de realizar audiências para 202 processos na área

Na Vara Cível da Comarca de Tarauacá uma ação para garantir celeridade e eficiência nos serviços está sendo realizada, é o mutirão de julgamento de ações previdenciárias. As audiências iniciaram no dia 23 de agosto e seguem até o dia 3 de setembro, estando pautados 202 processos nessa área.

As audiências estão sendo conduzidas pelo juiz de Direito Guilherme Fraga em formato híbrido. A parte autora e testemunhas  se encaminham até o Fórum da cidade, prestam depoimentos de forma presencial e o juiz, advogado do autor e procurador da Autarquia requerida participam de forma virtual.

Fotografia da sala de audiência do Fórum em Tarauacá. Aparecem três mulheres sentadas na mesa em formato de T, separadas por placas de acrílico. Duas estão olhando para um monitor de TV no fundo esquerdo da imagem e outra olha para a tela do computador na frente dela.

Com essa mobilização, o Judiciário demonstra compromisso com a celeridade e esforço em melhorar a prestação jurisdicional, focando sua atuação para responder as demandas e realidades locais.

Afinal, conforme explicou o diretor da secretária cível da Comarca, o servidor Lucivaldo do Nascimento, grande parte da demanda na cidade são de ações previdenciárias, “cerca de 90% dos processos em tramitação na Vara Cível da Comarca de Tarauacá são previdenciários”, comentou o servidor.

Emanuelly Silva Falqueto | Comunicação TJAC