Coordenadoria da Infância e da Juventude define calendário de atividades do Programa Cidadania e Justiça na Escola

Aula inaugural acontecerá na Escola Theodolina Falcão Macedo, no dia 6 de maio.

A Coordenadoria da Infância e da Juventude (CIJ) realizou, na última sexta-feira, 29, uma reunião de planejamento das ações do Programa Cidadania e Justiça na Escola.

O encontro, que foi presidido pela coordenadora estadual da infância e da juventude, desembargadora Regina Ferrari, contou com as presenças, dentre outros, do juiz de Direito Fernando Nóbrega (2ª Vara de Família da Comarca de Rio Branco), das juízas de Direito Ivete Tabalipa (Vara Única da Comarca de Porto Acre), Maha Manasfi (3ª Vara de Família da Comarca de Rio Branco), Thaís Khalil (1ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco), além de representantes do Ministério Público (MPAC), da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC), das Secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos e de Educação do Município de Rio Branco e da Polícia Militar do Estado do Acre (PROERD), dentre outros.

Na oportunidade, foi organizado o cronograma das palestras de conscientização pela paz e contra a violência, promovidas por magistrados, promotores, defensores, advogados e agentes de segurança, no âmbito do Programa Social do TJAC, até o mês de julho, nas 14 escolas públicas parceiras do Programa Cidadania Na Escola. O principal objetivo é incutir no seio das comunidades escolares noções de cidadania para que os próprios alunos possam, posteriormente, agir como multiplicadores desse conhecimento em seus círculos familiar e de amizades.

A aula inaugural do programa acontecerá no próximo dia 6 de maio, na Escola Theodolina Falcão Macedo, localizada no bairro Placas, para um público estimado de 120 alunos. No dia seguinte, 7 de maio, será a vez da Escola Irmã Maria Gabriela, no bairro Preventório. Já nos dias 13 e 15 de maio, respectivamente, as Escolas Álvaro Vieira da Rocha (Conquista) e Juvenal Antunes (Waldemar Maciel) serão as contempladas.

Para conferir a íntegra da programação do Programa Cidadania e Justiça Na Escola durante o primeiro semestre de 2019 clique aqui.

“Nós queremos que eles (os estudantes) conheçam bem os seus direitos. Mas também que compreendam muito bem os seus deveres enquanto cidadãos. (…) É preciso uma linguagem adequada, um certo trato para falar com os alunos. As palestras, por exemplo, não podem ser muito alongadas para que nós tenhamos verdadeiramente a atenção deles. E nós queremos falar sobre paz, sobre a cultura de paz que todos nós precisamos. É um trabalho muito prazeroso e ao mesmo tempo muito importante para nossas crianças e adolescentes”, comentou a desembargadora Regina Ferrari.

Sobre o programa

O objetivo do Programa Cidadania e Justiça Na Escola é discutir com os estudantes conceitos como cidadania, direitos e deveres, além de apresentar um breve panorama do funcionamento dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Também são tratados com os alunos outros assuntos, como violência doméstica, drogas, a influência que traficantes e marginais podem exercer sobre a juventude à falta de ações positivas que afastem crianças e adolescentes dessas pessoas, seja por meio da arte, do esporte, do lazer etc.

Na primeira etapa do programa, são ministradas as palestras de conscientização pela paz e contra a violência. Já na segunda etapa, os estudantes realizam visitas guiadas às instalações do TJAC. A fase final prevê um concurso no qual será escolhida a melhor redação de cada escola com o tema cidadania. A melhor redação será contemplada, na edição 2019, com um tablet, doado pela Associação dos Magistrados do Acre (ASMAC), parceira do programa.

Durante as férias dos alunos não haverá atividades. A retomada das palestras se dará no princípio do próximo semestre, juntamente com o início das aulas. A programação do Programa Cidadania e Justiça Na Escola para o segundo semestre de 2019 ainda não foi divulgada pela CIJ.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,

Fonte: Diretor da DIINS Publicado em 30/04/2019