Tribunal de Justiça do Acre investe na área de tecnologia da informação

O Tribunal de Justiça está investindo em tecnologia e para isso está aumentando sua capacidade de armazenamento de 20 TB (terabyte) para 80 TB. O equipamento que vai permitir essa mudança, já foi adquirido com recursos de dois parlamentares no valor de R$ 500 mil reais. No total, o valor investido nessa área de tecnologia da informação é de R$ 4 milhões.

A migração das informações será realizada no final de semana, no sábado a partir das 20 horas, e por isso o sistema ficará fora do ar até o dia 22 de setembro.

O diretor de tecnologia da informação, Roberto Romanholo, falou sobre o que representa o trabalho que vem sendo desenvolvido.

“Isso representa um ganho, sobre o que nós podemos armazenar que chega de processos judiciais. Atualmente a gente conta com uma base de armazenamento de 20 TB e vamos migrar para 80 TB, e vamos ter uma folga para receber essas informações por um bom período”, disse ele.

Além disso, foram adquiridos com recursos próprios, 19 computadores de alta performance, o investimento é de R$ 169 mil reais. A equipe da Ditec continua a troca de computadores na capital e interior, no total serão 636 novas máquinas e no-breaks , fruto de parceria com o CNJ.

O presidente do Tribunal, Roberto Barros, em visita a Diretoria de Tecnologia falou sobre a importância do investimento em tecnologia.

“O investimento em tecnologia é uma forma de garantir velocidade nos dados e segurança no armazenamento. Hoje é essencial investir nessa área, e por isso tantas ações vem sendo desenvolvidas,” finalizou o presidente.

Parceria com o CNJ

O CNJ investiu, nos últimos três anos, R$ 106 milhões em tecnologia da informação em diversos tribunais do País.

A maior parte dos recursos, 90%, foi destinada aos tribunais estaduais, com o intuito de modernizar e aperfeiçoar o Judiciário e proporcionar mais agilidade à tramitação dos processos.

O Tribunal de Justiça do Acre figura mais uma vez entre os Tribunais Estaduais contemplados com a distribuição de equipamentos de informática.

Desta vez, houve a doação de computadores desktops, no-breaks e aceleradores de wan (para aumentar velocidade da Internet).

Postado em: Notícias | Tags:, ,

Fonte: Atualizado em 04/06/2015