Esjud avança e executa ações em harmonia com os macrodesafios definidos pelo CNJ

Ao longo de 2019 a Escola do Poder Judiciário desenvolveu 48 cursos e ofertou 1.282 vagas com base no Planejamento Estratégico do Tribunal de Justiça do Estado.

Capacitar magistrados e servidores para atuar mais e melhor em prol da sociedade acreana. Esta foi a base das ações desenvolvidas em 2019 pela equipe da Escola do Poder Judiciário.

A programação acadêmica, que totalizou 48 cursos ao longo do ano e possibilitou a oferta de 1.282 vagas, foi pautada com base no Planejamento Estratégico do Tribunal de Justiça do Estado (TJAC), alinhado com os
macrodesafios definidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Temas como lavagem de dinheiro, violência doméstica, acessibilidade, conciliação e arbitragem, direito da infância e juventude, socioambiental, elaboração de ementas, entre outros, estiveram em pauta.

Em 2019 vários Termos de Cooperação foram assinados entre o Tribunal de Justiça do Estado do Acre, por meio da Escola do Poder Judiciário, com instituições parceiras. O que possibilitou capacitar servidores que atuam no dia a dia da gestão, para que melhor desempenhem suas funções, com cursos como licitação e contratos, liderança de alto desempenho, etc.

Entre as parcerias firmadas estão a com o Centro de Capacitação do Ministério Público Estadual, a Escola de Contas do Tribunal de Contas do Estado e a Controladoria Geral da União. Entretanto, as parcerias firmadas pela Esjud foram além destas realizadas a nível estadual. A Escola acreana estreitou relações com a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados – Enfam, o que possibilitou que fosse realizado no Acre o curso “O Poder Judiciário e o Direito dos Povos Indígenas”.

O evento permitiu que aproximadamente 40 juízes e desembargadores estaduais e federais, de vários estados brasileiros, participasse de aulas in loco na aldeia Apiuxa, do povo Ashaninka, em Marechal Thaumaturgo.

A parceria com a Enfam também possibilitou que pela primeira vez, os magistrados e servidores do Acre realizasse o curso Formação de Formadores, na Esjud, assim como o curso de Formação em mediação judicial. Ambos cadastrados pela Escola Nacional. Além destes, tivemos em 2019, o primeiro cadastramento na Enfam de uma Jornada de Estudos Jurídicos.

Aliás, no ano passado, em relação a este tema, a Escola do Poder Judiciário do Acre foi além, se credenciando como instituição formadora em mediação judicial e se habilitando para credenciar em todo o estado instituições de
ensino que queiram promover cursos de mediação.

Para encerrar as atividades educacionais do ano, a Esjud realizou em parceria com a Associação de Magistrados do Acre, o I Congresso da Magistratura acreana, que contou com a presença do Superior Tribunal de
Justiça (STJ), Marco Aurélio Buzzi.

Para este ano, as ações a serem executadas pela Escola são audaciosas. A direção da Esjud pretende trabalhar ainda mais para interiorizar suas ações e levar capacitação aos servidores das comarcas no interior in loco.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,

Fonte: GECOM Atualizado em 15/01/2020