Fortalecendo Vidas: TJAC apoiará projeto Embaixada Jovem Militar

Atividades educativas também colaboraram como estratégias reparadoras dos determinantes sociais que causam vulnerabilidades nas crianças e adolescentes

 

Na manhã desta segunda-feira, dia 5, a coordenadora estadual da Infância e Juventude, desembargadora Regina Ferrari, deu continuidade às tratativas sobre a execução do projeto social “Embaixada Jovem Militar”, com estudantes de Rio Branco.

Participaram da reunião os representantes da Polícia Militar: capitão Jácome, coordenador do Programa Educacional de Resistências às Drogas (Proerd); capitão Ronis, sub-coordenador da Polícia Comunitária e o 1º sargento Souza e Josué, instrutores do Proerd.

A “Embaixada Jovem Militar” receberá apoio do Tribunal Justiça do Acre (TJAC), por meio de recursos do convênio com o Ministério da Justiça, por meio da Plataforma +Brasil n° 902.189/2020. A iniciativa tem a proposta de democratizar a prática de esporte e leitura, oferecendo cursos preparatórios, ocupando o tempo livre e evitando o agravamento de distorções sociais, assim sendo ofertado como atividades complementares em escolas públicas.

De acordo com os policiais, o projeto prevê ainda a prática cívica, orientando sobre a estrutura e importância das instituições da Justiça como provedoras do desenvolvimento democrático e da paz social. Deste modo, a ação será incorporada ao programa “Fortalecendo Vidas” do TJAC, que envolve ações sociais e interdisciplinares para a promoção do bem-estar.

 

Fotografia no gabinete da desembargadora Regina Ferrari. Ela está ao centro com um terno verde e ao seu lado estão quatro militares
Miriane Teles | Comunicação TJAC