Mês de julho terá 14 leilões judiciais

Os eventos estão abertos para lances e ocorrem exclusivamente na modalidade eletrônica

Três leilões judicias serão realizados no dia 4 de julho, da 1ª e 2ª Vara Cível de Rio Branco e 1ª Vara de Fazenda Pública. Está disponível um terreno no Distrito Industrial, um terreno no Centro, uma casa situada no bairro Habitasa e um galpão na BR-364. Se os imóveis não forem arrematados, serão ofertados novamente no dia 18.

No dia seguinte, são mais quatro eventos, sendo da Vara Cível de Plácido de Castro, 1ª, 4ª e 5ª Vara Cível de Rio Branco, com: um carro, uma moto, uma caixa de som, dois terrenos, 60 armações de óculos e uma chapa de mármore sintético.

A 2ª, 4ª e 5ª Vara Cível de Rio Branco também estão com leilões agendados para o dia 8. Há uma fazenda no Antimary, um duplex no bairro Abraão Alab, uma casa no bairro Base e dois terrenos, sendo um no Residencial Mariana e outro no Village.

No dia 11, a Vara Cível de Plácido de Castro oferta uma edificação avaliada em mais de R$ 1 milhão. Um lote com uma escovadeira, enchedeira e máquina higienizadora pode ser arrematado até o dia 14, no leilão da Vara Cível de Brasileia.

Mais duas vendas públicas serão realizadas no dia 15 e a última no dia 18, da Vara Única de Xapuri, Vara Cível de Sena Madureira e Vara Única de Manoel Urbano, respectivamente. Essas com um ponto comercial de dois pavimentos, onde o piso superior tem três apartamentos; uma chácara com galpão e balança rodoviária na Gleba de Sena Madureira; um terreno na travessa da Vila Militar; uma casa de alvenaria e madeira no centro de Sena Madureira e um galpão com instalações para uma serraria em Manoel Urbano.

Miriane Teles | Comunicação TJAC