Programa de Preparação de Aposentadoria realiza videoconferência para tirar dúvidas sobre direito previdenciário

Mais duas atividades estão agendadas para os próximos dias 3 e 4 de junho

Fortalecendo a humanização e o diálogo com os servidores do Tribunal de Justiça do Acre, o Comitê Gestor de Atenção à Saúde e a Diretoria de Gestão de Pessoas, por meio da Gerência de Qualidade de Vida (Gevid), consolidaram mais um canal de comunicação para tratar de um assunto natural no ciclo de trabalho: a aposentadoria.

O Programa de Preparação para a Aposentadoria tem o objetivo de orientar, organizar, refletir e discutir sobre a transição trabalho-aposentadoria, com o intuito de disseminar informações e acolher os receios dos servidores de forma multidisciplinar.

 

Nesta sexta-feira, dia 28, ocorreu uma videoconferência com o tema “Benefícios do Direito Previdenciário”, ministrada por José Pereira, servidor do Acreprevidência. No encontro, os participantes puderam, principalmente, tirar dúvidas sobre situações próprias e trâmites administrativos. A atividade foi desenvolvida especialmente para os servidores em condições de se aposentar nos próximos dois anos

Ao apresentar o assunto, o facilitador destacou que os servidores se prepararam para se tornarem titulares de um cargo efetivo. Então, quando isso acontece, passam a ter uma nova situação dentro da sociedade e isso dura muito tempo. A transição para uma nova fase acaba não sendo uma prioridade pessoal.

Deste modo, a aposentadoria e o direito previdenciário parece ser algo complicado e burocrático e, na opinião do palestrante, assim o é porque as pessoas chegam a essa fase despreparadas.

“Eu mesmo tive dúvidas se aposentava ou não. Já atendi muitas pessoas que fazem compromissos financeiros e empréstimos a longo prazo e esquecem que com a aposentadoria vão deixar de receber o abono de permanência, ou seja, vai ter uma redução líquida do salário de forma permanente”, alertou o palestrante.

Uma das indicações apresentadas foi sobre a previdência privada, como uma renda complementar. A equipe de Gestão de pessoas do TJAC também apresentou o checklist para abertura de processo administrativo de emissão de certidão de tempo de contribuição:

  • Requerimento Rg/CNH/ ou conselho profissional;
  • CPF;
  • Comprovante de endereço atualizado com cep atualizado;
  • Pis/pasep;
  • Cópia da portaria de decreto de nomeação

E também a lista de documentos para o requerimento:

  • Documento de identificação com foto ( RG/CNH/Conselho Profissional);
  • Comprovante de inscrição no cadastro de pessoa física (CPF);
  • Comprovante de endereço com CEP atualizado; ∙ PIS/PASEP; ∙ Cópia da Portaria/Decreto de Nomeação/Admissão/Contrato de Trabalho(doEstado);
  • Cópia da Portaria/Decreto de Exoneração (do Estado);
  • Certidão de Tempo de Serviço, fornecida pelo órgão de origem.
Assessoria | Comunicação TJAC