Magistrados e servidores têm disponíveis 400 horas/aula em cursos para aprimorar habilidades e ampliar conhecimento

Formações contemplam área criminal e cível e serão realizadas na modalidade de Ensino à Distância (EaD)


A Escola do Poder Judiciário do Acre (Esjud) está ofertando nesse 1º quadrimestre de 2021 em torno de 400 horas/aula de cursos gratuitos para servidores e magistrados aprimorarem suas habilidades e ampliarem seus conhecimentos e, consequentemente, desempenharem melhor suas funções profissionais.

As formações atendem tanto área cível como criminal, abordando temas como Juízo 100% Digital, mediação e conciliação, Sistema Eletrônico de Execução Unificada (SEEU), Direito Constitucional, gestão socioambiental e teletrabalho. Entre as atividades estão disponíveis 222 horas/aula, divididas em 13 Cursos Autoinstrucionais, na modalidade de Ensino a Distância (EaD).

O período de inscrição segue até 31 de maio, já o prazo para realização (conclusão de todas as atividades) é 30 de junho deste ano. Para garantir a inscrição, acesse o Portal da Escola (https://esjud.tjac.jus.br/), em seguida clique no banner Inscrições/Agenda.

Programa Cível

Inserido no cardápio de capacitações está o Programa Cível, com 40 vagas e quatro fases distintas, voltado para técnicos judiciários lotados nas varas cíveis e nas diretorias de Foro das comarcas do interior do Estado. Caso haja vagas remanescentes poderão ser preenchidas por analistas e assessores.

O Programa terá 60h/a e a 1ª Fase será o “Curso de Nivelamento de Servidores do Poder Judiciário”, todo em EaD, com 24 horas/aula. Esse curso é cedido pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores do Poder Judiciário (CEAJud), do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A 2ª Fase será o “Curso de Processo Civil para Técnico Judiciário- Nível Básico”, também em EaD, com carga horária de 20h. A 3ª Fase será “Treinamento SAJ”, na mesma modalidade virtual e com 8h/a. Já 4ª e última fase será “Inteligência Emocional no Trabalho”, também com 8h/a e à distância. As inscrições para o Programa Cível vão até o dia 30 de abril e já podem ser feitas no site da Esjud (https://esjud.tjac.jus.br).

Formação contínua

Em nossa sociedade onde uma variedade de desafios surge cotidianamente e o desenvolvimento de novas ferramentas de trabalho e inovações são exigidas para lidar com os problemas, o aprendizado contínuo torna-se o caminho efetivo para consolidação profissional e prestação de serviços de maneira mais conectada as realidades que cercam as instituições públicas.

Além disso, no âmbito do Judiciário, a participação das ações de ensino e aprendizado cumprem as determinações do CNJ, para o recebimento da Gratificação por Alcance de Resultados (GAR), um abono repassado para servidores da Justiça brasileira que atingem as Metas Nacionais de produtividade e atendem uma série de requisitos, estabelecidos com intuito de garantir celeridade, agilidade e ética aos serviços jurisdicionais.

Assessoria | Comunicação TJAC