Em agenda de trabalho, desembargador Francisco Djalma visita sistema prisional e Museu dos Povos Acreanos

Governador, em exercício, destacou padrão de segurança nos locais.

Em agenda de trabalho no cargo de governador do Acre, em exercício, o desembargador Francisco Djalma visitou, nesta terça-feira (28), o presídio Dr. Francisco de Oliveira Conde (FOC). O local passa por obras de ampliação para poder acolher mais de 800 reeducandos até o final deste ano.

Na ocasião, o desembargador que assumiu, oficialmente, na tarde desta segunda-feira (27) o Governo do Acre para responder por atos administrativos, também vistoriou o Complexo de Segurança Máxima Antônio Amaro. Ele cumpriu a agenda acompanhado do secretário estadual de Segurança, Vanderley Thomas; do secretário de Obras, Átila Pinheiro e do diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Estado do Acre (IAPEN), Aberson Carvalho.

“Estou surpreso com a evolução na melhoria do sistema prisional. Rio Branco, em relação a outras capitais, está com o sistema carcerário adiantado. O controle dos reeducandos ainda é por parte dos agentes. Os pavilhões são exemplo de limpeza e a alimentação não falta a desejar”, comentou o governador, em exercício.

Ele também parabenizou os administradores dos locais e destacou o padrão de segurança nas unidades frisando que, “quem administra os presídios é a gestão e não os reeducandos”.

Além do FOC e Antônio Amaro, obras de reforma e ampliação ocorrem nos presídios de Sena Madureira, Tarauacá e Cruzeiro do Sul.

O secretário de Segurança, Vanderley Thomas ressaltou sobre os investimentos para a Segurança Pública e o diretor do IAPEN, Aberson Carvalho enfatizou sobre a capacitação que os agentes penitenciários do Complexo de Segurança Máxima Antônio Amaro farão e também salientou sobre as parcerias institucionais para o fortalecimento no controle das unidades prisionais.

As obras de ampliação para acolher reeeducandos e os blocos para os agentes, no FOC, terão investimento de R$ 12 milhões, segundo o secretário de Obras, Átila Pinheiro.

Visita Museu Povos Acreanos

Ainda na tarde desta terça-feira, o desembargador visitou a construção do “Museu dos Povos Acreanos”, no centro de Rio Branco, que iniciou hoje a parte de climatização.

O prédio foi construído na década de 1960 e chegou a sediar o Colégio dos Padres. Em seguida, tornou-se o Colégio Meta. O processo de desapropriação teve início ainda no ano de 2013. O local será um equipamento museal abrigando a história da identidade acreana.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:, ,

Fonte: Atualizado em 28/08/2018