Tribunal do Júri julgará suspeito de tentar matar ex-namorada grávida

Suspeito será julgado por tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil, emprego de meio cruel e recurso que dificultou defesa da vítima.

Um homem suspeito de tentar matar a ex-namorada, uma adolescente de 14 anos de idade, irá a julgamento pelo Tribunal do Júri da Comarca de Plácido de Castro. O crime, denunciado no Processo 0500736- 79.2013.8.01.0008, aconteceu no final de dezembro de 2013. A vítima, na época, estava grávida quando levou várias facadas.

Na sentença de pronúncia, publicada na edição n°6.131 do Diário da Justiça Eletrônico, da terça-feira (5), a juíza de Direito Isabelle Sacramento, titular da unidade judiciária, após verificar existência de indícios, determinou o réu ser julgado pelo Conselho de Sentença “qualificado nos autos, como incurso nos delitos previstos no art. 121, §2º, incisos II (fútil), III (com emprego de meio insidioso ou cruel), IV (recurso que torne impossível a defesa do ofendido) na forma do art. 14, inciso II, c/c 61, h, e art. 125 na forma do art. 14, inciso II, na forma do art. 70, todos do Código Penal”.

Conforme é relatado nos autos, a vítima e o suspeito tiveram um breve relacionamento quando ela engravidou, mas ele não queria que ela tivesse o bebê.

Então, o suspeito combinou de conversar com ela em uma praça na cidade, local onde teria dado várias facadas na vítima. Mas, a adolescente conseguiu escapar e foi socorrida.

Por isso, o homem foi pronunciado como suspeito de cometer os crimes de tentativa de homicídio e tentativa de provocar aborto. “As lesões sofridas pela vítima tem correlação entre o crime de tentativa de homicídio e o crime de tentativa aborto, imputados ao réu, devendo ambos serem analisados pelo Tribunal do Juri”, disse a juíza de Direito Isabelle Sacramento.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,

Fonte: Publicado em 06/06/2018