Vernissage do artista plástico Bab Franca é realizada com sucesso na Sede do Tribunal

Mostra com obras do pintor acreano acontece no Hall das Câmaras Cíveis e Criminal e faz parte da campanha Novembro Azul.

A paisagem austera do Tribunal de Justiça do Acre recebe, desde esta terça-feira (10), os tons de azul e elementos da natureza presentes na obra do renomado artista plástico acreano Bab Franca.

Ao todo, 30 pinturas do artista estão expostas no Hall das Câmaras Cíveis e Criminal do TJAC. A exposição faz parte das atividades, no âmbito do Poder Judiciário Estadual, da campanha Novembro Azul, de conscientização da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas.

A vernissage da exposição contou com a presença da desembargadora-presidente, Cezarinete Angelim; além de assessores, diretores, gerentes e demais servidores do Poder Judiciário Estadual.

Falando aos presentes, Cezarinete Angelim destacou a importância do combate ao câncer de próstata, que é o segundo tipo de câncer mais comum entre homens no Brasil, para, em seguida, elogiar a obra e o talento “maravilhosos” de Bab Franca, ressaltando ainda a importância da mostra para o próprio processo de humanização da Justiça Acreana.

“Essa campanha tem um grande significado e a gente chama atenção dos homens para que se cuidem. Toda essa programação quer dizer: vamos combater o câncer da próstata. E, além disso, para nós é uma grande alegria e também uma honra poder compartilhar da beleza da obra e do talento de Bab Franca. A arte por si só sensibiliza, toca a alma e humaniza o nosso Judiciário. Essa porta que nós abrimos aqui nada mais é que a nossa própria responsabilidade social”, disse a desembargadora-presidente.

exposicao_bab_franca_tjac_5

Por sua vez, o artista agradeceu pela iniciativa do Tribunal e parabenizou a atual administração por “abrir suas portas para dar oportunidade à cultura do Acre”.

“Eu acredito que uma nação que não valoriza o meio ambiente, a sua educação e a sua cultura é uma nação que não tem grande futuro. Me dá esperança saber que na Justiça Acreana existem pessoas sensíveis e que muitos espaços ainda poderão ser abertos aos artistas locais”, considerou Bab.

exposicao_bab_franca_tjac_4

A exposição

Na exposição do Hall das Câmaras Cíveis e Criminal do TJAC Bab Franca apresenta trabalhos mais recentes da sua nova fase, quando prevalece na composição de suas obras a flora rica em cores fortes.

De acordo com a proposta do expositor “não é apenas uma flora comum ou ecossistêmica, mas sim, além disso, a soma da influência dos ecossistemas à imaginação do artista que tem sua flora pessoal, endêmica e situada em algum lugar secreto deste planeta lindo e tão maltratado pelos humanoides”.

O artista

Bab Franca iniciou sua carreira artística em 1976, quando enviou cinco obras experimentais para o Salão Nacional de Brasília. Todas as obras foram selecionadas. A partir daí, o artista já fez várias exposições coletivas e individuais no Brasil e no exterior.

Em 1978 viajou para a Europa, onde permaneceu por mais de três anos, morando exclusivamente em países de cultura latina. Naquela época, ele foi selecionado em dois importantes salões internacionais:Fundación Juan Miró, em Barcelona (Espanha), e salão ENFAC-Torino, na Itália, onde foi premiado.

Em 2010, Bab Franca foi selecionado e premiado com bolsa de residência artística em Ashfield Sydnei, na Austrália, pelo projeto Ashfield Coucil Artist In Residence Program.

Atualmente, o artista reside em Rio Branco, onde tem desenvolvido obras de relevante valor para o patrimônio artístico e cultural da cidade, como por exemplo, as arquibancadas do estádio Arena da Floresta, painel em mosaico da Usina de Artes João Donato; o mural em mosaico vizinho à passarela às margens do rio Acre, mosaico do Cacimbão da Capoeira, entre outros.

Olhar o outro na sua integralidade

Toda a programação alusiva à campanha Novembro Azul, destinada a magistrados e servidores do Poder Judiciário Acreano vai ao encontro da filosofia de trabalho implementada pela desembargadora-presidente Cezarinete Angelim para o Biênio 2015/2017, a qual se baseia na alteridade (olhar o outro na sua integralidade), na solidariedade e na justiça fraterna.

Promovida pelo TJAC, por meio da Diretoria de Gestão de Pessoas (Dipes), a ação faz parte do Programa Qualidade de Vida, cujo slogan é “Cuidar e servir, de coração pra coração”, e tem como objetivo cuidar da saúde e proporcionar o bem-estar de magistrados e servidores do Judiciário Estadual.

Sobre a campanha

O Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e aos homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas.

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais frequente no sexo masculino, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Estatísticas apontam que a cada seis homens, um é portador da doença. A estimativa é de que, em 2014, 69 mil novos casos sejam diagnosticados, ou seja, a descoberta de um caso a cada 7,6 minutos.

No intuito de conscientizar a população masculina sobre a doença, visando a diminuir a taxa de mortalidade, que ainda é alta, o Instituto Lado a Lado pela Vida e a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) desenvolvem o Novembro Azul, uma iniciativa que já faz parte do calendário nacional das campanhas de prevenção no Brasil.

Postado em: Notícias | Tags:,

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 19/01/2016