Tribunal de Justiça do Acre promove atividades pelo combate ao câncer de próstata

Programação do Novembro Azul vai até o dia 21 na Sede do TJAC, Fórum Barão do Rio Branco, Fórum Criminal, Juizados Especiais e Varas da Infância e da Juventude.

Balões que tingiam o céu ainda mais de azul. Acordes da Banda do 4º BIS que davam ritmo e enlevavam as pessoas presentes. Apresentação cultural, com a equipe da Rádio Humanizar. Avaliações ligadas à ginástica laboral e atendimento médico preventivo. Essas foram algumas das atividades que marcaram o Ato Representativo da Campanha Novembro Azul nesta terça-feira (17).

abertura_novembro_azul_tjac_30

A abertura do evento foi conduzida pela desembargadora-presidente Cezarinete Angelim; mas também teve as presenças dos desembargadores Denise Bonfim (vice-presidente), Eva Evangelista, Samoel Evangelista, Francisco Djalma, Waldirene Cordeiro e Maria Penha; além dos presidentes da Associação dos Magistrados do Acre (Asmac) e do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sinspjac), Giordane Dourado e Rangel Araújo, respectivamente.

A juíza-auxiliar da Presidência, Mirla Regina, diretores, gerentes, assessores e secretários do Tribunal de semelhante modo participaram do evento.

“Este Ato Representativo da campanha Novembro Azul – que abraçamos desde o início do mês com a iluminação deste prédio sede do Tribunal e também do Palácio da Justiça -, vai ao encontro da filosofia de trabalho que adotamos desde o início da gestão: a alteridade (olhar o outro na sua integralidade), a solidariedade e a justiça fraterna”, assinalou Cezarinete Angelim.

abertura_novembro_azul_tjac_32

Novembro foi escolhido como mês oficial de conscientização sobre o câncer de próstata, pois 17/11 é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. O “Azul” veio da cor oficial usada como símbolo de combate à doença. Surgiu assim o Novembro Azul, movimento que prioriza ações de conscientização sobre a neoplasia.

Prédios do TJAC, incluindo o Palácio da Justiça, e a Sede Administrativa, já vestem azul desde o início deste mês como forma de chamar a atenção para a problemática.

De acordo com a presidente do TJAC, “é preciso conscientizar os homens (magistrados, servidores, colaboradores, operadores do Direito) sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e de outras enfermidades masculinas”.

abertura_novembro_azul_tjac_17

Ao destacar que a iniciativa concorre para o bem-estar e saúde das famílias, a desembargadora recitou um poema reflexivo sobre o tema.

“Faço uso desta rima

da cultura popular

tendo como objetivo

o de a todos alertar

para um mal que tá crescendo

e que podemos evitar

Falo do câncer de próstata

doença que se espalha

tirando a vida de homes

como lâmina de navalha

e que tem no preconceito

o tecido da mortalha.

O homem tem que entender

que precisa se cuidar

e a atitude correta

é o médico procurar

e num toque de cuidado

o exame realizar.

Você que passou dos 40

ou tá na idade do lobo mau

precisa se orientar

não fingir que é o tal

dando uma de “eu sou macho”

você pode se dá mal.

Uma conversa é sempre boa

pra tirar dúvidas e fazer

o homem entender melhor

e até mesmo conhecer

como tratar da saúde

e o seu corpo conhecer.

Não se sinta envergonhado

não tenha medo de perguntar

também não seja presunçoso

dizendo sei me cuidar

pois o câncer de próstata pode

a sua vida ceifar.

Quando pensei nestes versos

quis fazer uma interferência

no pensar de cada homem

e dizer com insistência

a atitude principal é o toque na consciência”.

(Poeta nordestino Erialdo Rebouças)

O desembargador Samoel Evangelista também falou sobre a necessidade dessa ação no âmbito do Poder Judiciário Acreano. “É importantíssimo, porque tanto os servidores quanto os magistrados, e também os cidadãos, todos nós precisamos de saúde para nos movermos, por isso temos que cuidar dela. Nós temos que exercer a prevenção. A importância que o Tribunal está dando para essa campanha demonstra que o Judiciário não se importa tão somente na produção, naquilo que os servidores ou juízes podem fazer, mas sobretudo, com a qualidade de vida dos servidores e magistrados. A Presidência está de parabéns por isso”, declarou.

abertura_novembro_azul_tjac_33

Estatísticas apontam que a cada seis homens, um é portador da doença. A estimativa é de que, em 2015, 69 mil novos casos sejam diagnosticados, ou seja, a descoberta de um caso a cada 7,6 minutos.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de próstata é a segunda principal causa de morte por câncer em homens, seguido apenas pelo câncer de pulmão. Cerca de 1 homem em 36 morrerá de câncer de próstata.

“O maior patrimônio das instituições não são os prédios, não são os recursos materiais, são as pessoas. E as pessoas precisam cuidar da saúde, valorizar a saúde. Cada órgão, cada instituição deve realizar eventos como este. Lembrando que o cuidado preventivo, a visita regular ao médico, enfim as cautelas em relação à saúde, são indispensáveis para preservar esse grande e inestimável patrimônio humano”, ressaltou o juiz de Direito Giordane Dourado, presidente da Asmac.

abertura_novembro_azul_tjac_19

Dados preocupantes

Embora o câncer de próstata seja uma doença grave, no entanto, a maioria dos homens com a doença não morre por causa dela – desde que o diagnóstico seja feito com antecedência.

Para o periódico “JAMA Oncology”, o número de novos casos de câncer de próstata no Brasil saltou 414% entre 1990 e 2013, passando de 18,7 mil para assustadores 96,3 mil.

Atividades

Apesar das diversas atividades que já movimentam o “Novembro Azul” no âmbito do Poder Judiciário Acreano, o Tribunal de Justiça Acreano, por meio do Programa Qualidade de Vida, possui outras atividades programadas até o dia 21 de novembro.

abertura_novembro_azul_tjac_11

Estão definidas seguintes atividades voltadas à saúde e ao bem-estar do gênero: avaliações ligadas à ginástica laboral; atendimento médico preventivo; exposição de feira orgânica; e apresentação cultural, com a equipe Humanizar.

Na quarta-feira (18), as atividades voltadas à saúde e ao bem-estar do gênero acontecerão no Fórum Criminal (8h às 12h) e no Fórum da Avenida Ceará (14h às 17h). No dia seguinte, 19 de novembro, será a vez dos Juizados Especiais (manhã) e Varas da Infância e da Juventude (tarde) receberem as ações alusivas ao Novembro Azul.

No Fórum Barão do Rio Branco, as atividades acontecerão no dia 20, pela manhã, quando magistrados, servidores e colaboradores serão também contemplados com avaliação postural, avaliação respiratória; alongamento terapêutico com bola suíça; técnica laboral de relaxamento, atendimento médico preventivo e apresentação cultural.

abertura_novembro_azul_tjac_10

O ponto alto das ações em alusão à prevenção e ao diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas, no âmbito do TJAC, acontecerá no sábado (21), com a 1ª Corrida pela Vida, uma iniciativa do Poder Judiciário Acreano, que envolverá centenas de atletas.

Novembro Azul

A fim de alertar o público masculino sobre a importância do autocuidado em saúde e governantes sobre a necessidade de priorizar políticas públicas voltadas à saúde do homem, surgiram diversos movimentos ao redor do globo – o Novembro Azul é um dos mais conhecidos.

O Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e aos homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas.

No intuito de conscientizar a população masculina sobre a doença, visando a diminuir a taxa de mortalidade, que ainda é alta, o Instituto Lado a Lado pela Vida e a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) desenvolvem o Novembro Azul, uma iniciativa que já faz parte do calendário nacional das campanhas de prevenção no Brasil. O objetivo é combater a doença e, principalmente, motivar a população masculina a fazer exames preventivos.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 17/11/2015