TJAC garante espaço à Defensoria Pública no Fórum Barão do Rio Branco

A partir de agora o trabalho dos profissionais se tornará mais ágil e prático, quem ganha com isso é a população.

O Tribunal de Justiça do Acre garante à Defensoria Pública Geral do Estado (DPE) um espaço no Fórum Barão do Rio Branco. O local terá toda a estrutura (computadores, softwares, nobreak, scanner e rede lógica) para facilitar o uso por parte dos profissionais, cujo trabalho se tornará mais ágil e prático graças a essa iniciativa da atual gestão.

espaco_defensoria_forum_tjac_set15_5

A assinatura do Termo de Cessão de Uso foi celebrada nessa quinta-feira (3) no Fórum Barão do Rio Branco, com as presenças da desembargadora-presidente Cezarinete Angelim, da juíza-auxiliar da Presidência, Mirla Regina, do presidente e vice-presidente da DPE, Fernando Morais e Dion Nóbrega, respectivamente. Diretores, gerentes, assessores e secretários do Tribunal também prestigiaram o ato.

espaco_defensoria_forum_tjac_set15_1

“Só temos que agradecer por esta cessão deste espaço que vai facilitar o trabalho dos nossos defensores, com essa estrutura tão funcional, moderna e bem localizada. Pelo menos 90% das ações que tramitam no Judiciário são patrocinas pela Defensoria. Então esta atenção do Tribunal conosco significa na verdade um olhar voltado aos cidadãos, especialmente aos que mais necessitam”, destacou Fernando Morais.

espaco_defensoria_forum_tjac_set15_4

A Administração do Tribunal tem mantido permanente diálogo com outras instituições no afã de estabelecer parcerias, acordos, cooperação técnica e ações conjuntas que venham convergir em benefícios para os cidadãos.

“Temos tido a preocupação de oferecer as melhores condições de trabalho não apenas para nosso público interno (magistrados, servidores e colaboradores), mas também externo. A Defensoria é imprescindível para o bom funcionamento do Judiciário, pois atua no sentido de defender os direitos das pessoas que mais têm fome e sede de Justiça”, assinalou Cezarinete Angelim.

espaco_defensoria_forum_tjac_set15_3

Para a desembargadora-presidente, a iniciativa concorre para uma de suas prioridades à frente do Tribunal, que é ampliar o acesso dos cidadãos à Justiça, seja na Capital ou interior do Estado.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 04/09/2015