TJAC entrega veículo para Núcleo de Apoio Técnico às Varas da Infância

O Tribunal de Justiça do Acre realizou, na tarde dessa segunda-feira (22), a entrega de mais um veículo de pequeno porte. Desta vez a unidade contemplada foi o Núcleo de Apoio Técnico (NAT) às Varas da Infância e da Juventude da Comarca de Rio Branco. O objetivo da medida é garantir um melhor suporte ao trabalho desenvolvido pelas unidades judiciais do Estado.

O desembargador-presidente Roberto Barros, acompanhado da diretora regional do Vale do Alto Acre, Caruline Simão, fizeram a entrega do veículo à coordenadora do NAT, Rutilena Tavares.

Ao entregar as chaves do veículo, o desembargador-presidente destacou a relevância desta ação institucional do Tribunal de Justiça, que dará apoio às ações desenvolvidas pelo Núcleo junto às comarcas da Capital e do interior. “As áreas técnicas do Tribunal são fundamentais para o nosso trabalho, assim como a área do Núcleo de Apoio Técnico. O veículo é fundamental para a mobilidade da unidade técnica para que eles possam cumprir as visitas e elaborar os pareceres”, afirmou Roberto Barros.

A coordenadora do Núcleo de Apoio Técnico às Varas da Infância e Juventude da Capital, Rutilena Tavares, falou sobre a importância da entrega do veículo. “É de suma importância na questão da agilidade dos relatórios técnicos que dão subsídios para os juízes nas decisões dos processos das Varas da Infância e Juventude. Confere celeridade e agilidade, pois além de atuarmos junto às duas varas da Infância e Juventude da Capital, também atuamos dando apoio a algumas comarcas do interior como, por exemplo, Porto Acre, Bujari, Senador Guiomard, Capixaba, Epitaciolândia, Tarauacá, Feijó. Este ano percorremos todas estas comarcas”.

O desembargador-presidente ressaltou o apoio técnico dado pelo Núcleo de Apoio Técnico às ações desenvolvidas pelo TJAC. “Eles nos ajudam muito tanto na Capital como em muitos municípios do interior, notadamente alguns locais que têm alta demanda, como Senador Guiomard, Tarauacá e outros locais onde é necessária a atuação da área técnica”, disse Roberto Barros.

Por fim, Rutilena Tavares falou sobre os benefícios da iniciativa do TJAC para o trabalho desenvolvido pelos servidores do Núcleo. “Até para nós, enquanto servidores, é importante porque aumenta a qualidade do trabalho e também a questão da eficiência para o nosso jurisdicionado, porque eles vão ter uma resposta bem mais rápida para os processos que tramitam nas varas da Infância e da Juventude”, afirmou.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 12/01/2015