TJAC conclui leilão de bens inservíveis e apreendidos

O Tribunal de Justiça do Acre realizou no dia 11 de junho um leilão dos seus bens móveis considerados inservíveis e também de bens apreendidos. O leilão, do tipo “maior lance ou oferta”, foi realizado no plenário do Tribunal do Júri do Fórum Barão do Rio Branco, no Centro da Capital, sob condução leiloeiro público oficial Roberto Alves de Sá.

A atividade contou com grande participação da comunidade (pessoas físicas e jurídicas), interessada na aquisição dos bens, organizados em 46 lotes. Todo o material permaneceu exposto à visitação pública entre os dias 31 de maio e 9 de junho, nos municípios de Rio Branco, Brasiléia, Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima.

Com a realização do evento, a Direção do TJAC visou esvaziar o depósito do Judiciário, além de evitar a completa deterioração dos bens pela ação do tempo. Dos 46 lotes disponibilizados para leilão, 44 foram arrematados, com 100% de confirmação dos pagamentos.

A Comissão Especial de Leilão do TJAC avalia que o evento teve um superávit de 66% com relação ao valor da avaliação inicialmente feita para os bens. Até esta terça-feira (21) a Comissão espera concluir a entrega de todos os lotes arrematados.

“Consideramos que o leilão foi um sucesso, tendo em vista a saída desses bens inservíveis das dependências do Poder Judiciário, o que nos permite otimizar o uso dos nossos espaços físicos. Além disso, o evento proporcionou uma soma de recursos que retornam aos cofres do Poder, possibilitando o investimento em novos e modernos bens, para atender nossa crescente demanda”, explicou José Carlos Martins Júnior, Presidente da Comissão.

 

Leia mais:

 

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 21/06/2010