Servidores podem opinar sobre novo horário no Judiciário do Estado

Os servidores do Poder Judiciário do Estado poderão opinar sobre o novo horário que está em fase de estudo para ser adotado na Justiça Acreana. O objetivo é atender o que determina a Resolução nº 88/2009(veja aqui), do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a qual dispõe sobre a jornada de trabalho nos tribunais de todo o Brasil. A partir desta terça-feira (1º), até o próximo dia 11 de dezembro, eles responderão a uma enquete disponibilizada na Intranet, (no site http://intranet.tjac.jus.br/intranet/).

De acordo com a Resolução 88, os servidores do Judiciário terão que cumprir jornada de oito horas diárias de trabalho e 40 horas semanais. A decisão permite, porém, que o servidor cumpra uma jornada de sete horas ininterruptas.

A decisão do Presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Desembargador Pedro Ranzi, e da Direção do TJAC, é de democratizar o processo de escolha do novo expediente de trabalho. Nesse sentido, é fundamental a participação de todos os servidores, cuja opinião contribuirá para os estudos que estão sendo desenvolvidos para instituir o novo horário.

Para responder à consulta, cada servidor, utilizando sua senha, poderá votar uma única fez. Para tanto, haverá controle do IP dos computadores pela equipe da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI). 

Ao acessar a Intranet, encontrará a seguinte enquete (no canto inferior do lado esquerdo) com três opções sobre a jornada de trabalho:

Servidor, qual a sua opinião sobre a melhor jornada de trabalho no Poder Judiciário do Estado do Acre?

1ª) 8h intercaladas (8h às 13h e 15h às 18h, como é hoje)                  
2ª) 7h às 14h (7h ininterruptas)
3ª) 11h às 18h (7h ininterruptas)

Após finalização da etapa de estudos, o projeto será apreciado e votado pelo Pleno do TJAC.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 01/12/2009