Projeto Cidadão quer casar mais de 2 mil no sábado

Um dos maiores e mais importantes programa de cidadania do País, com a surpreendente marca de 1,2 milhão de atendimentos, desde que foi criado em 10 de março de 1995, o Projeto Cidadão voltou a atender desde ontem, com encerramento previsto para a noite de sábado, a população de Rio Branco. O programa está instalado em dois amplos galpões no Parque de Exposições, onde é realizada a Expoacre. De acordo com a coordenação do Projeto Cidadão, os atendimentos que começam às 8 da manhã vão até às 21 horas, com exceção da expedição de registro de nascimento, que se encerrará sempre às 18 horas. Os dias do programa na Expoacre serão hoje, quinta, sexta e sábado, quando serão celebrados os casamentos coletivos. A estimativa é a de que sejam realizados mais de mil casamentos no sábado à noite. Essa 67ª versão do Projeto Cidadão foi aberta ontem pelo presidente em exercício do Tribunal de Justiça do Acre, Samoel Martins Evangelista, e pelo governador Jorge Viana. A presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargadora Eva Evangelista, prestigiou a abertura da programação. Samoel Evangelista voltou a falar da coisa mais bonita, segundo ele, do Projeto Cidadão. “O segredo de tanto sucesso, o segredo de já termos computados mais de 1,2 milhão de atendimentos, está em o Projeto Cidadão não ter um dono. Esse programa é da comunidade. Outra coisa muito bonita é que aqui muitas vezes a pessoa está nascendo para a vida civil”. O desembargador lembrou que ficou muito satisfeito e, ao mesmo tempo, envaidecido depois que o governo do Estado convidou o Poder Judiciário e o Projeto Cidadão para a Expoacre. “São essas parcerias, com o governo, com os órgãos e entidades da União e do município, além da iniciativa privada, que nos estimulam a caminhar, que nos mostram que nada está perdido, que a força e a união pode transformar vidas, levar cidadania, direito e Justiça a todos”. Para o governador Jorge Viana, foi uma boa idéia levar o Projeto Cidadão para a Expoacre, porque lá são muitos os atrativos para a população, que, ao mesmo tempo em que vai se divertir, pode tirar um documento ou mesmo se casar. O governador destacou a dedicação dos juízes e dos servidores do Tribunal de Justiça, dos promotores de Justiça e defensores públicos e de todos os parceiros do Projeto Cidadão. “Isso é que é sair das quatro paredes, do ar-condicionado e ir para junto do povo”, lembrou. Por último, a exemplo do desembargador Samoel Evangelista, Jorge Viana disse que realmente o Projeto Cidadão não tem um dono, mas é um patrimônio do Estado, do Poder Judiciário e de todos os parceiros que há quase dez anos fazem o programa.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 27/07/2004