Presidente do Tribunal de Justiça recebe visita de cortesia do comandante do 7º BEC

Na ocasião foram discutidas possíveis parcerias que podem ser firmadas entre as duas intuições no tocante a obras do Projeto Cidade da Justiça.

A presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargadora Cezarinete Angelim, recebeu em seu gabinete, na Sede Administrativa, na manhã desta quarta-feira (21), o comandante do 7° Batalhão de Engenharia de Construção “Batalhão Barão do Rio Branco” (7° BEC), tenente-coronel Luís Henrique. A conversa foi acompanhada pelo diretor de gestão estratégica, William Abud, e pela gerente de bens materiais, Flora Machado.

visita-7bec-tjac-dez16-1

Na ocasião, foram discutidas futuras parcerias no tocante a obras de continuidade do Projeto Cidade da Justiça. Impressionado com o padrão de excelência das instalações da Nova Sede dos Juizados Especiais Cíveis de Rio Branco, inaugurada pela atual gestão esta semana, o comandante do 7º BEC manifestou o seu desejo de participar de projeto tão audacioso, que prevê na sua totalidade um conjunto de seis blocos.

A desembargadora-presidente agradeceu a iniciativa e disse que a sua gestão racionalizou os recursos e envidou esforços nas ações colaborativas, ampliando as parcerias, motivo pelo qual está disposta a avançar nas tratativas com vistas a trabalhos futuros.

Para demonstrar a viabilidade técnica do Batalhão de Engenharia de Construção, o comandante repassou às mãos da presidente do TJAC um catálogo contendo obras de grande porte realizadas no âmbito do estado do Acre, como a pavimentação da BR-364, pistas dos aeroportos de Rio Branco e Assis Brasil, dentre outras.

“O trabalho desenvolvido pelo Tribunal de Justiça muito se alia ao do nosso Batalhão, motivo pelo qual acreditamos ser possível avançar nas parcerias, tanto no tocante aos trabalhos de infraestrutura, como também no tocante ao meio ambiente”, opinou, elogiando a Presidência pela conquista do Selo Verde, tornando-se o primeiro Tribunal do País a obter esse reconhecimento, em virtude de sua comprovada responsabilidade socioambiental.

“Quando aqui cheguei percebi que apesar da nossa instituição está localizada no meio da Amazônia, tínhamos aqui um clima árido, ausência de vegetação, então decidimos mudar essa realidade, e é isso que temos feito desde então”, declarou a presidente ao falar sobre o trabalho que resultou na conquista do Selo Verde.

visita-7bec-tjac-dez16-2

Postado em: Notícias | Tags:,

Fonte: Publicado em 22/12/2016