Presidente do TJAC vistoria obras de acesso à Cidade da Justiça

Como forma de garantir amplo acesso dos cidadãos à Cidade da Justiça de Rio Branco, a administração do Tribunal está construindo uma obra de duplicação das vias de acesso ao Complexo Arquitetônico.

Na manhã desta terça-feira (10), o desembargador-presidente Roberto Barros vistoriou o local. Ele esteve acompanhado do juiz-auxiliar da presidência, Cloves Ferreira; dos diretores de gestão estratégica e logística, Thaumaturgo Neto e Diogo Caetano; da equipe de engenharia e do sócio-proprietário da Ipê Empreendimentos Imobiliários, Frederico Moura – a qual é responsável pelos trabalhos.

“Esta é uma obra muito importante por uma dupla razão. Primeiro porque vai permitir a ligação direta entre o prédio sede do Tribunal e o novo prédio da Cidade da Justiça de Rio Branco, que está sendo construído. E segundo porque vai trazer benefícios às pessoas que moram próximo a esses locais, a exemplo dos conjuntos Jequitibá e Portal da Amazônia”, destacou Roberto Barros.

As novas vias facilitarão o tráfego de pessoas e de veículos, proporcionando uma alternativa de acesso a diversos bairros e comunidades da Capital, como Calafate e Pedro Roseno.

O presidente também ressaltou outras vantagens advindas com as obras. “Quando concluídas, elas vão garantir a ampliação e o melhor acesso à Escola Técnica em Saúde Maria Moreira da Rocha e ao Núcleo de Atendimento Integrado (NAI) – destinado ao atendimento mais educativo e eficiente de menores infratores -, que será construído aqui próximo”, explicou.

Máquinas e trabalhadores estão no local, escavando, alargando ou duplicando o espaço – que aliás terá mão dupla. A via que está sendo aberta possui em torno de 20 metros e será interligada com outra via maior (de 38 metros), localizada em frente ao novo Fórum Criminal da Capital. Como o terreno é acidentado, deverá passar por substituição de solo e inclusão de galerias.

As modificações nas vias terão um investimento institucional e contam com a parceria público-privada.

Cidade da Justiça

O desembargador-presidente e sua equipe ainda se dirigiram à Cidade da Justiça da Capital para acompanhar o andamento das obras – já em avança fase de acabamento.

 

É para lá que serão destinados todos os serviços judiciais em matéria criminal da Comarca da Capital.

O empreendimento irá beneficiar principalmente os cidadãos que batem à porta do Judiciário à procura da chamada tutela jurisdicional (resposta institucional com vistas à solução de conflitos).

Além deles, magistrados e servidores do TJAC também serão favorecidos com instalações mais amplas, adequadas e seguras.

A previsão da Administração é de que muito em breve seja concluído o primeiro bloco do complexo, destinado à instalação do Fórum Criminal da Comarca de Rio Branco.

O prédio, cujo conjunto estrutural está 100% concluído, é composto por cinco pavimentos, em um total de 5.070 m² de área construída. Ao todo, 11 unidades criminais da Comarca de Rio Branco irão funcionar no local.

Ao mesmo tempo, a direção do Tribunal de Justiça do Acre lançou em fevereiro deste ano o projeto do novo Fórum dos Juizados Especiais da Comarca de Rio Branco.

Também localizado na Cidade da Justiça, o prédio terá uma área construída de sete mil metros quadrados, divididos em seis pavimentos destinados a abrigar os Juizados Especiais Cíveis e de Fazenda Pública, de Trânsito, além das Turmas Recursais.

Leia mais:

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 13/10/2014