Novembro Azul: Sede do TJAC ganha iluminação especial em campanha contra o câncer de próstata

Durante todo este mês serão oferecidas diversas atividades, no âmbito do Poder Judiciário Acreano, voltadas à saúde e ao bem-estar do homem.

Após o mês de outubro ser marcado pela mobilização para prevenção do câncer de mama, conhecida como Outubro Rosa, agora chegou a vez dos homens, pois o mês de novembro é internacionalmente dedicado às ações relacionadas ao câncer de próstata e à saúde do gênero. Dessa forma, a Sede Administrativa do Tribunal de Justiça do Acre assumiu uma paisagem dominada pela cor azul, desde o primeiro dia deste mês. A proposta é reforçar a campanha Novembro Azul.

O ato de iluminar de azul a Sede do TJAC, além de simbolizar o movimento, que surgiu na Austrália, em 2003, durante o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, em 17 de novembro, também é uma forma de se comunicar com a população, de maneira que a leitura visual é expandida e pode ser assimilada de vários lugares ao mesmo tempo.

fachada_novembro_azul_tjac

A idéia foi concebida pela Presidência do TJAC, planejada pela Diretoria de Logística e executada pela Diretoria Regional do Vale do Alto Acre do Tribunal.

O Portal oficial do TJAC (www.tjac.jus.br), a Intranet e suas páginas nas redes sociais (Twitter e Facebook) também estão na cor azul durante todo este mês.

Segundo o Ministério da Saúde (MS), o câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e o de maior incidência nos homens. As taxas da manifestação da doença são cerca de seis vezes maiores nos países desenvolvidos.

Ainda de acordo com o MS, cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem em homens com mais de 65 anos. Quando diagnosticado e tratado no início, tem os riscos de mortalidade reduzidos. No Brasil, é a quarta causa de morte por câncer e corresponde a 6% do total de óbitos por este grupo.

Qualidade de Vida

O Tribunal de Justiça do Acre, por meio do Programa Qualidade de Vida, instituído pela atual Administração, a partir desta semana, proporciona diversas atividades, no âmbito do Poder Judiciário Acreano, voltadas à saúde e ao bem-estar do homem, em alusão à campanha Novembro Azul, cujo propósito é conscientizar os homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas.

novembro_azul_tjac_3

Assimilando sua importância e necessidade no contexto atual da saúde do magistrado e do servidor, o Programa Qualidade de Vida propõem ações de saúde com foco na Atenção Primaria (APS), sendo esta realizada de forma multidisciplinar, oferecendo soluções práticas e objetivas de caráter preventivo e curativo.

Durante todo o mês de novembro, de acordo com a Diretoria de Gestão de Pessoas (Dipes), magistrados e servidores poderão usufruir de atividades de saúde e lazer, como maratona, torneio de futebol, encaminhamento de exames, avaliação postural com o uso de APP’ PostureScreen Mobile, teste de função global respiratória, avaliação de flexibilidade e amplitude de movimento, técnica laboral de relaxamento, sorteios de brindes, apresentações culturais, dentre outras.

novembro_azul_tjac_1

Toda a programação alusiva à campanha Novembro Azul, destinada a magistrados e servidores do Poder Judiciário Acreano vai ao encontro da filosofia de trabalho implementada pela desembargadora-presidente Cezarinete Angelim para o Biênio 2015/2017, a qual se baseia na alteridade (olhar o outro na sua integralidade), na solidariedade e na justiça fraterna.

Promovida pelo TJAC, por meio da Dipes, a ação faz parte do Programa Qualidade de Vida, cujo slogan é “Cuidar e servir, de coração pra coração”, e tem como objetivo cuidar da saúde e proporcionar o bem-estar de magistrados e servidores do Judiciário Estadual.

Histórico

O Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e aos homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas.

O câncer de próstata é o câncer mais frequente no sexo masculino, ficando atrás apenas do câncer de pele não menaloma. Estatísticas apontam que a cada seis homens, um é portador da doença. A estimativa é de que, em 2014, 69 mil novos casos sejam diagnosticados, ou seja, a descoberta de um caso a cada 7,6 minutos.

No intuito de conscientizar a população masculina sobre a doença, visando a diminuir a taxa de mortalidade, que ainda é alta, o Instituto Lado a Lado pela Vida e a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) desenvolvem o Novembro Azul, uma iniciativa que já faz parte do calendário nacional das campanhas de prevenção no Brasil. O objetivo é combater a doença e, principalmente, motivar a população masculina a fazer exames preventivos.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 04/11/2015