Mutirão itinerante de audiências atende comunidades isoladas dos rios Croa e Liberdade

A 1ª Vara Criminal da Comarca de Cruzeiro do Sul, que está sob a responsabilidade do Juiz de Direito Substituto Hugo Torquato, realizou nos dias 14, 15 e 16 deste mês a primeira fase do mutirão itinerante de audiências programado para o ano de 2010.
A programação da unidade jurisdicional engloba os locais de difícil acesso e visa a facilitar o comparecimento de partes e testemunhas às audiências, bem como otimizar o uso dos recursos do Poder Judiciário, possibilitando que os oficiais de justiça possam, de uma só vez, cumprir todos os mandados de uma mesma região.
A primeira localidade escolhida foi a região compreendida pelas Vilas Santa Luzia e Lagoinha, que abrange as comunidades situadas entre os rios Croa e  Liberdade. Estima-se que 20 mil pessoas residam na região, distante 81 quilômetros do município de Cruzeiro do Sul.

Durante as atividades a equipe da 1ª Vara Criminal identificou quase 120  depoimentos pendentes relativos a pessoas residentes na região, dividindo as audiências de modo a serem ouvidas aproximadamente 40 pessoas por dia. Em razão das dificuldades de acesso, estes processos vinham se alongando no tempo, à espera destes depoimentos, para serem sentenciados.

 
 

 
As audiências foram realizadas na Escola de Ensino Fundamental e Médio Machado de Assis, tendo sido utilizado o moderno equipamento de vídeogravação fornecido pelo Tribunal de Justiça durante os trabalhos. A presença do Poder Judiciário foi recebida com entusiasmo pela direção e pelos professores da escola.

 
A população contribuiu para o sucesso dos trabalhos, atendendo ao chamado da Justiça e comparecendo pontualmente às audiências. A Prefeitura de Cruzeiro do Sul também teve importante participação, fornecendo alimentação à população em todos os dias do evento.
 
A ação contou com o apoio do Ministério Público, por intermédio do Promotor de Justiça Iverson Rodrigo Monteiro Bueno e da Defensoria Pública, representada pelo Defensor Alberto Augusto Gomes da Silva, que têm participado ativamente dos projetos da unidade judiciária e aproveitaram  para realizar atendimentos e orientar os moradores sobre as mais diversas questões jurídicas, além de ministrar palestra para uma turma de alunos locais.
 
 
O Comando da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul destinou um efetivo policial para o reforçado esquema de segurança montado no local, garantindo a tranqüilidade durante os trabalhos.

Dos seis servidores lotados atualmente na 1ª Vara Criminal da Comarca de Cruzeiro do Sul, responsáveis pelos mais de 1.200   processos que tramitam na unidade, cinco participaram do mutirão, em sistema de revezamento. São eles: Marilene de Oliveira Cadaxo, Rozenilda dos Santos Bezerra, Hamon Cleuton Victor Sobrinho, Tássia Cristina Félix de Mello e Edimara de Oliveira da Costa.

 
Durante os três dias de mutirão os trabalhos da equipe iniciaram-se às 7 horas da manhã e terminaram após as 20 horas, ininterruptamente. Ações similares deverão ser realizados nos próximos meses em Porto Walter, Marechal Thaumaturgo e em alguns seringais.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 19/04/2010