Juiz de Epitaciolândia decreta prisão de delegado por abuso de autoridade

O Juiz de Direito Edinaldo Muniz dos Santos, titular da Comarca de Epitaciolândia, decretou na segunda-feira, 20, a prisão do Delegado de Polícia Mardilson Vitorino de Sequeira, que responde pelas delegacias dos municípios de Epitaciolândia e Brasiléia. A prisão, que ainda não havia acontecido até a manha desta terça-feira, foi decretada por abuso de autoridade.

 

 

 

A decretação da prisão do Delegado foi informada ainda na segunda-feira ao Delegado Geral da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, Emilson Farias, por meio do ofício 3582009.

 

O motivo da prisão, segundo informou o Magistrado ao site do TJAC, foi a prática reincidente de abusos cometidos pelo Delegado Mardilson, mais especificamente pela prisão ilegal de três pessoas, que foram mantidas na delegacia mesmo sem flagrante formalizado e sem nenhuma ordem judicial.

 

"Diante de todo o exposto, e tendo em vista ainda a gravidade e a continuidade dos fatos, decreto, de ofício, a prisão preventiva do Delegado de Polícia Mardilson Vitorino de Sequeira, isto para garantia da ordem pública. Expeça-se, pois, o respectivo mandado de prisão", decidiu o Magistrado em seu despacho.

 

A decisão foi informada aos promotores Nelma Melo e Siberman Madeira, que atuam nos dois municípios.

 

O advogado de defesa do delegado, Maurício Hohenberger, protocolou no TJAC, no final desta manhã, o pedido de habeas corpus que, por meio de sorteio, será apreciado pelo Desembargador Francisco Praça.

 

 

 

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 21/07/2009