II Prêmio Garibaldi Brasil de Literatura Acreana: Servidores do Judiciário são premiados em diversas categorias literárias

Acontece no dia 6 de outubro a premiação dos vencedores do II Prêmio Garibaldi Brasil de Literatura. Os servidores do Judiciário Acreano Raimundo Nonato da Silva e Isaac Ronaltti Sarah da Costa, além do servidor da Justiça Eleitoral José Wilibaldo Savino Carvalho da Costa, são alguns dos vencedores dessa segunda edição do prêmio.

Raimundo Nonato obteve o primeiro e quarto lugares na categoria poema; Isaac Ronaltti, que já havia sido premiado com o terceiro lugar na categoria memória, relatos e casos na edição anterior do prêmio, este ano conquistou o nono lugar na categoria crônica; e José Wilibaldo obteve o terceiro lugar na categoria romance.

A premiação tem o objetivo de incentivar escritores experientes e novos talentos a apresentarem suas obras ao grande público, garantindo a publicação e divulgação da literatura acreana.  A iniciativa do prêmio surgiu em 2007, resultando em 2008 no livro “A Nova Literatura Acreana”. A obra fez parte das comemorações pelo centenário do jornalista, artista plástico, chargista e escritor que dá nome ao prêmio e à Fundação de Cultura de Rio Branco.

Entre junho de 2009 e janeiro de 2010, a comissão julgadora do prêmio analisou 270 obras inscritas nas categorias de conto, crônica, romance, poema, ensaios, memórias e casos. Este ano, a premiação é de R$ 1.500 para o 1º lugar, R$ 1.000 para o 2º lugar e R$ 500 para o 3º lugar, por categoria.

A solenidade de premiação, promovida pela Prefeitura de Rio Branco, Fundação de Cultura Garibaldi Brasil e Academia Acreana de Letras, acontece às 19h do dia 6 de outubro, no Plenário do Palácio da Justiça, no Centro de Rio Branco.

Academia dos Poetas Acreanos

No próximo dia 1º de outubro, o servidor Raimundo Nonato da Silva será empossado como membro efetivo da Academia dos Poetas Acreanos. Fundada em fevereiro de 2010, a entidade é filiada à Confederação das Academias de Letras e Artes do Brasil e Federação das Academias de Letras e Artes do Estado do Rio de Janeiro.

O acreano Raimundo Nonato é auxiliar judiciário, aprovado em concurso público do Poder Judiciário, onde trabalha há 15 anos. Já atuou na Vara da Infância e da Juventude de Rio Branco, no Projeto Cidadão e hoje exerce as funções de agente de segurança, como membro da equipe da Assessoria Militar do Tribunal de Justiça. Ele concilia as suas atividades de servidor público com a de poeta, músico e compositor.

No ano de 2006 publicou o seu primeiro livro de poesias, “As curvas dos rios da vida” com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura. Dois anos depois, foi premiado como primeiro colocado no VIII Concurso Literário da Casa do Poeta de Sant'Ana do Livramento (RS), com o poema “Conflito I” e recebeu menção honrosa no VIII Concurso Literário do Movimento VirArte de Santa Maria (RS), com o poema “Conflito II”. Possui cerca de 300 poemas publicados e um novo livro pronto para ser lançado ainda este ano, intitulado “Sonhar… Voar… Viajar”.

2º Prêmio Garibaldi Brasil de Literatura Acreana / 2010

Obra

Autor

Classificação

Categoria

Uivo

Antônio Sérgio de Carvalho e Souza

1º lugar

Conto

Coisas de criança

Edimilson Pereira da Silva Júnior

2º lugar

Conto

A morte se enganou

Maria Cecília Pereira Ugalde

3º lugar

Conto

O Pedinte

Helder Cavalcante Júnior

4º lugar

Conto

Sendas do destino

Amélia Resende M. Velozo

5º lugar

Conto

Faltam Adjetivos

Kaline Rossi

6º lugar

Conto

Filho do Zé

Thaísa de Nazareth da Silva Lima

7º lugar

Conto

Linha Zebra número 40

Williane Tibúrcio Facundes

8º lugar

Conto

Da janela

Sérgio da Silva Santos

9º lugar

Conto

Você Tem Saldo Homem?

Renã Leite Pontes

10º lugar

Conto

Dólman de mescla

José Cláudio Mota Porfíro

11º lugar

Conto

A Correria de Ma-Abi

Simone de Souza Lima

12º lugar

Conto

Cão Cadela Covarde

Januário Schwab Maia

13º lugar

Conto

 

2º Prêmio Garibaldi Brasil de Literatura Acreana / 2010

Obra

Autor

Classificação

Categoria

Amazônia II

Raimundo Nonato da Silva

1º lugar

Poema

Eclipsemo-nos!

Wilciene Cordeiro Santos

2º lugar

Poema

O Poeta e a folha branca

Jean Carlos Felício da Cruz

3º lugar

Poema

(Catadores) Lixo Humano

Raimundo Nonato da Silva

4º lugar

Poema

Viagem para Rio Branco

Erlan Nogueira de Moura

5º lugar

Poema

Tu me vês. Faz viver

Celso Freitas Oliveira

6º lugar

Poema

Diástole

Maria Cecília Pereira Ugalde

7º lugar

Poema

Caminhos

Thaísa de Nazareth da Silva Lima

8º lugar

Poema

Adeus…

Thaís Alanna Alves Soares

9º lugar

Poema

Poesia das sete chaves

Ítalo de Paula Casemiro

10º lugar

Poema

 

2º Prêmio Garibaldi Brasil de Literatura Acreana / 2010

Obra

Autor

Classif.

Categ.

Cores, cheiros e gestos: o frio e as pequenas lembranças

Giselle Xavier Lucena

1º lugar

Crônica

O Diário da prima

Kaline Rossi

2º lugar

Crônica

Chuva

Januário Schwab Maia

3º lugar

Crônica

A Cadeira vazia

Renã Leite Pontes

4º lugar

Crônica

Girassol

Antônio Sérgio de Carvalho e Souza

5º lugar

Crônica

Eu fiz contrariado… eu juro

Felipe Cruz Mendonça

6º lugar

Crônica

A Retratação anatômica Fetichista

Helder Cavalcante Júnior

7º lugar

Crônica

Uma Literatura acreana para o século 21

Márcio Bezerra da Costa

8º lugar

Crônica

Cronica-mente

Isaac Ronaltti Sarah da Costa

9º lugar

Crônica

Volta, revolta, reviravolta

Geraldo Trombin

10º lugar

Crônica

2º Prêmio Garibaldi Brasil de Literatura Acreana / 2010

Obra

Autor

Classifi.

Categ.

A Semiótica ou Doutrina dos signos segundo John Locke

Manoel Coracy Sabóia Dias

1º lugar

Ensaio

A Expedição dos Poetas: Guerra e Poesia na Televisão

Mª de Nazaré Cavalcante de Sousa

2º lugar

Ensaio

Amazônia Babel – Literatura e meio ambiente

Simone de Souza Lima

3º lugar

Ensaio

O perfil do professor de Filosofia

José Cláudio Mota Porfiro

4º lugar

Ensaio

A voz da Selva: Rádio e tecnologia na Amazônia

Adriana Delgado Santelli

5º lugar

Ensaio

Discursos da diferença: Considerações sobre o uso do Cinema como Ferramenta de Alteridade

Márcio Bezerra da Costa

6º lugar

Ensaio

História da Loucura no Acre: O Hosmac e a Institucionalização da Exclusão

Josiane do Nascimento Costa

7º lugar

Ensaio

Memória, Identidade e Herança: O entrelugar da Literatura Acriana na Literatura Nacional.

Océlio Lima de Oliveira

8º lugar

Ensaio

A Construção do Conhecimento

Silvania Santos de Oliveira

9º lugar

Ensaio

A Importância Social do Jornal Impresso: O Rio Branco

Celso Freitas de Oliveira

10º lugar

Ensaio

 

2º Prêmio Garibaldi Brasil de Literatura Acreana / 2010

Obra

Autor

Classif.

Categ.

Crônica da Letra

Simone de Souza Lima

1º lugar

Memória

Zé da Onça

Jean Carlos Felício da Cruz

2º lugar

Memória

De boca em boca

Kaline Rossi

3º lugar

Memória

Relatos de um acreano do interior

Erlan Nogueira de Moura

4º lugar

Memória

Maria nos braços da morte

Mª do Perpétuo Socorro Oliveira de Souza

5º lugar

Memória

O Monge das Cebolinhas

Natália Jung

6º lugar

Memória

Jesus, o herói

Nilda Dantas Pires

7º lugar

Memória

Para que tanta violência?

Renã Leite Pontes

8º lugar

Memória

Morte e vida, Severina?

Áurea Mª Ferreira da Silva

9º lugar

Memória

Neutel Maia: Detalhes e segredos da vida de um pioneiro

Isaac Ronaltti Sarah da Costa

10º lugar

Memória

 

2º Prêmio Garibaldi Brasil de Literatura Acreana / 2010

Obra

Autor

Classif.

Categ.

Noites Alienígenas

Antônio Sérgio de Carvalho e Souza

1º lugar

Romance

Marcas de amores e segredos

Sérgio da Silva Santos

2º lugar

Romance

O Corvo e as Esmeraldas

José Wilibaldo Savino Carvalho

3º lugar

Romance

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 27/09/2010