Facundo anuncia início das obras

Dentro de no máximo 15 dias, o presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Ciro Facundo de Almeida inicia as obras de reforma e restauração do Palácio da Justiça, sede do Poder Judiciário acreano, localizado na rua Benjamin Constant. ao lado do Palacio Rio Branco. O início dos serviços só será possivel graças ao apoio da Petrobrás financiará a primeira fase da obra com um aporte financeiro de R$ 160 mil. Para garantir esses recursos, o desembargador Ciro Facundo foi a sede da empresa semana passada no Rio de Janeiro, onde assinou um convênio com o diretor-geral da Petrobrás José Augusto Lima e a diretora patrocínio da empresa Ana Paula. O diretor executivo do TJ, José Carlos da Silva Costa, acompanhou Facundo. Depois da Petrobrás, os apoios financeiros para o andamento e conclusão da obra virão do Banco da Amazônia (Basa) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Sustentável (BNDES). O presidente do Poder Judiciário acreano quer entregar a obra para a população, magistrados e servidores do TJ até o final de janeiro, já que na primeira semana de fevereiro ele deixará o cargo. Para isso, os operários da empresa que vencer a licitação terão de trabalhar em três turnos. O Palácio de Justiça será transformado numa espécie de centro cultural com um museu da justiça acreana. Atenderá a comunidade artística local e de outras cidades que queiram utilizar o espaço para mostras e exposições, além de atividades culturais diversas. Mas de uma coisa o desembargador não abre mão: do plenário para as sessões do TJ. Todas as sessões do Pleno serão realizadas no Centro Cultural, inclusive as sessões solenes do tribunal. Nessa empreitada, Facundo vem recebendo um grande apoio do Governo do Estado. Para se ter uma dimensão desse apoio, o presidente da Fundação Cultural Elias Mansour, Francisco Gregório Filho, acompanhou Facundo até a Petrobrás.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 05/09/2004