Divulgado resultado final do Processo Seletivo para contratação de juízes leigos e conciliadores

Certame disponibilizou 21 vagas para o cargo de Juiz Leigo e 19 para o de Conciliador, com formação de cadastro de reserva, para atuarem nas unidades judiciárias da Capital e do interior.

O Tribunal de Justiça do Acre tornou publico o resultado final da perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência e homologou resultado final do processo seletivo simplificado para contratação temporária de Juiz Leigo e de Conciliador dos Juizados Especiais para atuar nas unidades judiciárias da Capital e do interior.

As vagas serão disponibilizadas nas Comarcas de Acrelândia, Assis Brasil, Brasiléia, Bujari, Capixaba, Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia, Feijó, Manoel Urbano, Plácido de Castro, Porto Acre, Rio Branco, Sena Madureira, Senador Guiomard, Tarauacá, Xapuri e os Centros Judiciários de Solução de Conflito e Cidadania (Cejusc) de Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Santa Rosa do Purus.

A homologação publicada na edição n°5.661 do Diário da Justiça Eletrônico, desta terça-feira (14) é assinada pela desembargadora-presidente Cezarinete Angelim. De acordo com o Edital n° 9/2016 foram considerados classificados 275 candidatos, sendo 60 para o cargo de juiz leigo e 215 para conciliador. Apesar de todos os classificados o certame disponibiliza 21 vagas para o cargo de Juiz Leigo e 19 para Conciliador, com formação de cadastro de reserva.

Conforme o resultado homologado para o cargo de Juiz Leigo não houve candidatos aprovados nas comarcas de Acrelândia, Assis Brasil, Epitaciolândia, Manoel Urbano, Senador Guiomard, Tarauacá e Xapuri, enquanto para o cargo de Conciliador não houve candidatos aprovados em Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Santa Rosa do Purus.

Para conferir a lista completa com ordem de classificação, nome do candidato aprovado e a nota final, os interessados devem acessar o Edital, que também está disponível no site do TJAC na Internet, no campo processos seletivos.

Vale ressaltar que, segundo o Edital de Abertura do processo seletivo (Edital n°1/2016),  a aprovação no certame “não gera direitos, contudo observar-se-á a classificação final e o prazo de validade para efeito de contratação, devendo o candidato aprovado fazer prova das condições exigidas”.

Portanto, os candidatos classificados devem ficar atentos à divulgação de eventual edital de convocação, a ser publicado no Diário da Justiça Eletrônico (DJE).

Os profissionais que eventualmente forem convocados e estiverem aptos para tomar posse do cargo terão que cumprir uma jornada diária de oito horas de trabalho. A remuneração bruta prevista no edital é de R$ 5.225,03 para o cargo de Juiz Leigo e R$4.702,53 para Conciliador.

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato com a Gerência de Desenvolvimento de Pessoas (Gedep) do TJAC, por meio dos telefones 3302.0380 ou 3302.0377.

Postado em: Notícias | Tags:,

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 13/08/2020