Desembargadora Waldirene Cordeiro participa do 74º Encoge  

Desembargadora Regina Ferrari, e o juiz-auxiliar da Corregedoria também participam da atividade que acontece em Porto Alegre-RS.

A corregedora geral da Justiça, desembargadora Waldirene Cordeiro, o juiz-auxiliar Cloves Ferreira, e assessores/técnicos, participam do 74º Encontro de Colégio Permanente de Corregedores Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil (Encoge). A desembargadora Regina Ferrari também integrou a atividade, na condição de homenageada especial, tendo recebido a Medalha de Honra ao Mérito Desembargador Décio Antônio Erpen.

Realizado em Porto Alegre-RS nestes dias 27 e 28 (quinta e sexta-feira), o evento reúne corregedores de Tribunais de Justiça de todo o Brasil, com o objetivo de promover o intercâmbio de experiências que contribuam para o aperfeiçoamento da prestação jurisdicional, bem como para otimizar a fiscalização dos serviços notariais e registrais.

O enfoque

A 74ª edição do Encoge tem como discussão principal “A inovação na Atividade Correcional”, e outros temas relevantes, como “Precedentes e Incidentes de Resolução de demandas Repetitivas (IRDR) no novo Código de Processo Civil”; “Apresentação de programas voltados à gestão e racionalização de ações em massa”; “As novas tendências na área de tecnologia e ferramentas afetas à gestão da Corregedoria Geral da Justiça”; “Os Limites éticos do uso das redes sociais pelos magistrados”; “O papel das Corregedorias na questão penitenciária e a apresentação de boas práticas procedidas nos Tribunais de Justiça”.

O corregedor nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, participou do evento, ressaltando que o fortalecimento da magistratura em todo País é “indispensável para uma justiça mais célere e eficiente”, assim como orientou os corregedores a promoverem a atividade correcional, tendo como foco a entrega efetiva da prestação jurisdicional. Segundo ele, o cidadão, ao buscar o Poder Judiciário, “espera e merece respostas rápidas aos seus anseios e demandas”.

A desembargadora Waldirene Cordeiro considerou fundamental a participação do Judiciário do Acre em eventos dessa natureza, pois além de contribuir para o estreitamento das relações entre as Corregedorias, também “agrega conhecimentos para uma gestão proativa, moderna  e eficaz”.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 27/04/2017