Concurso para delegatários: TJAC realiza sessão pública para escolha de serviços notariais

O Tribunal de Justiça do Acre realizou na última quarta-feira (25) uma sessão pública para escolha de serviços notariais por parte dos candidatos aprovados no concurso público para outorga de delegações de notas e de registro do Estado.

 

Os candidatos que se declararam portadores de necessidade especiais foram os primeiros a realizar a escolha. Em seguida, foi a vez dos candidatos à remoção escolherem os serviços notariais desejados. Após a escolha dos candidatos à remoção, as serventias remanescentes foram incluídas na lista de provimento. Finalmente, foi realizada a escolha dos candidatos aprovados pelo critério de provimento.

No total, quatro candidatos escolheram serventias na Comarca de Rio Branco. Na Capital, as serventias escolhidas foram o 1º e o 2° Ofícios do Registro de Imóveis, o 2º Tabelionato de Notas e 2º Ofício de Registro Civil das Pessoas Naturais e o Ofício do Registro de Títulos e Documentos e das Pessoas Jurídicas.

Candidato Classificação Critério Serventia
Fabiano Pereira da Silva provimento
(candidato portador de necessidades especiais)
2° Ofício do Registro de Imóveis
Fabiana Faro de S. Campos remoção 1º Ofício do Registro de Imóveis
Joziel Silva Loureiro provimento 2º Tabelionato de Notas e 2º Ofício de Registro Civil das Pessoas Naturais
Gustavo Luz Gil provimento Ofício do Registro de Títulos e Documentos e das Pessoas Jurídicas

Também foram escolhidas oito serventias extrajudiciais nas comarcas de Assis Brasil, Capixaba, Manuel Urbano, Santa Rosa, Rodrigues Alves, Porto Acre, Porto Walter e Xapuri.

Não houve candidatos interessados nas serventias extrajudiciais das demais comarcas.

Candidato Classificação Critério Serventia
Carlos Roberto Vendrame provimento Serventias Extrajudiciais da Comarca de Capixaba
Sandra Cristina Alves provimento Serventias Extrajudiciais da Comarca de Porto Acre
Renata Rodrigues de Almeida 12º provimento Serventias Extrajudiciais da Comarca de Xapuri
Francisco Lima da Silva 19º provimento Serventias Extrajudiciais da Comarca de Assis Brasil
Dirce Yukari Sugui Azevedo da Silveira 26º provimento Serventias Extrajudiciais da Comarca de Manuel Urbano
Paula Siqueira Lima 27º provimento Serventias Extrajudiciais da Comarca de Rodrigues Alves
Walterlucyana Almeida de Moraes 29º provimento Serventias Extrajudiciais da Comarca de Santa Rosa
Bruno de Oliveira Pereira 30º provimento Serventias Extrajudiciais da Comarca de Porto Walter

O concurso agora segue para homologação do resultado final. Após a homologação, o presidente da comissão organizadora do certame, desembargador Pedro Ranzi, deverá encaminhar à presidência do Tribunal de Justiça do Acre o relatório final para sejam expedidos todos os atos de delegação de notas e de registros.

Uma vez expedidos os atos de delegação, os candidatos terão prazo de 30 dias, prorrogáveis por mais 30 dias, para realizarem, perante o corregedor geral da Justiça, desembargador Pedro Ranzi, ou magistrado por ele designado, a investidura na função. Não ocorrendo a investidura no prazo marcado, será tornado sem efeito a outorga de delegação, por ato do presidente do Tribunal de Justiça do Acre.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 22/06/2015