Comarca de Manoel Urbano recebe visita do Presidente do TJAC

Ainda era madrugada, precisamente 4h01min, quando o Desembargador Pedro Ranzi e sua equipe viajaram até Manoel Urbano. O Presidente, o Diretor Geral Carlos Afonso e o Diretor de Tecnologia da Informação do Tribunal de Justiça do Acre, Roberto Romanholo, enfrentaram 212 Km de estrada sinuosa, desvios, buracos, e balsa, pela BR 364, até chegar ao município localizado na Região do Purus.

O sacrifício torna-se sinônimo de contentamento quando se prioriza os interesses da sociedade. “Mesmo com tantas dificuldades de acesso, a distância, a estrada, os obstáculos, para nós é uma satisfação levar o Judiciário aos lugares mais remotos. Nossa prioridade maior é proporcionar o acesso à Justiça à sociedade, especialmente às pessoas mais carentes”, considerou Pedro Ranzi.

Somente às 6h45min, a equipe chegou à cidade e, imediatamente, se dirigiu ao Fórum Dr. Celso Secundino Lemos, sendo recebida pela Juíza Substituta Zenice Mota Cardozo e servidores. 

Em seguida, todos participaram de café da manhã especial. Na ocasião, o Presidente do TJAC agradeceu pela recepção. “Fico feliz pela recepção, nossa presença aqui é para conversar, entender, melhorar o trabalho realizado, uma vez que todos nós somos prestadores de serviços”, afirmou. Pedro Ranzi enalteceu, ainda, a organização dos servidores que, voluntariamente, adotaram o uso de farda, como forma de padronização do Judiciário local.

"Nossa presença aqui se justifica porque vocês são nosso maior patrimônio",
Presidente Pedro Ranzi

Até de madrugada

A Comarca de Manoel Urbano conta com uma Juíza Substituta e sete servidores. Mesmo enfrentando dificuldades, como a falta de energia constante (vários dias na semana, às vezes por muitas horas), a equipe sempre se mostra motivada para oferecer os serviços judiciais.

O escrivão Francisco Valdenício disse que, às vezes, a Juíza e os servidores ficam até de madrugada no Fórum para atender a população. “Realmente isso acontece porque muitas pessoas que nos procuram são de muito longe, atravessam rios, vêm dos seringais e não podemos deixar de atendê-las”, explicou.

Pedro Ranzi elogiou os servidores pelo esforço. “Parabenizo a toda equipe pelo compromisso e presteza. O que nos chama a atenção é a dedicação de todos, que se mostram empenhados na prestação dos serviços à sociedade, como também em sua capacitação, de sempre fazer o melhor para oferecer às pessoas dignidade e efetivação de seus direitos”, salientou. 

O Desembargador também destacou a importância da Juíza Substituta Zenice Mota, cujo trabalho – apesar de ter se iniciado há poucos meses – já apresenta resultados práticos, como uma equipe motivada, melhoria no atendimento ao público e garantia do acesso aos direitos pela população. 

O objetivo da visita, que se estendeu por toda manhã e início da tarde do dia 20, era conhecer de perto a situação das instalações físicas e técnicas da unidade do judiciário e, sobretudo, ouvir Magistrada e servidores sobre suas reclamações e necessidades. Em seguida, foram apresentadas soluções para os problemas que afetam as atividades da Justiça no município, com vistas à melhoria da prestação jurisdicional. 

Investimentos

O TJAC tem trabalhado para melhorar a esturtura física e as condições de trabalho da unidade judiciária de Manoel Urbano. Desde o início do ano, foram investidos na Comarca:

  • Instalação de Internet; 
  • 20 computadores;
  • Bebedouros;
  • Pintura;
  • Aparelhos de Ar-condicionado;
  • Móveis;
  • Fogão;
  • Freezer;
  • Frigobar;
  • Utensílios de cozinha;
  • Aparelhos de fax;
  • Aparelhos de telefone;
  • Estantes;
  • Mesas;
  • Cadeiras;
  • Armários;
  • Restauração de rede elétrica. 

Não menos importante, o Tribunal tem investido nos servidores, por meio de cursos de capacitação e treinamento. Nesse sentido, serão estabelecidas parcerias com instituições como o SEBRAE. Além disso, a direção estuda a possibilidade de providenciar estagiários para unidade, que também receberá um carro, já adquirido. “Precisamos ampliar o nosso trabalho, para fortalecer a Justiça. Por isso, temos de pensar numa equipe grande. Nossa gestão é a da continuidade, valorizando o que já foi feito por outros que nos precederam, mas ao mesmo tempo, olhando para o futuro”, esclareceu o Presidente.  

Instalação da Internet

Diminuir as distâncias e aproximar pessoas e ações. Com essa visão, o TJAC instalou, no Fórum de Manoel Urbano, a Rede Mundial de Computadores. Pela janela do computador, abriu-se, pela primeira vez, um horizonte de conhecimento e informações, que minimiza o isolamento geográfico. 

Pedro Ranzi fez questão de dar o primeiro clique, conectando a Comarca de Manoel Urbano ao mundo, rompendo a dimensão do local e do global. Também será implantado o SAJ, Sistema de Automação da Justiça, para tornar acessíveis as informações processuais na Internet, com andamento atualizado e conteúdo das decisões de todos os processos, respeitado o segredo de justiça. A implantação ocorrerá, em breve, após treinamento da equipe. 

O escrivão Valdenício falou da importância da iniciativa. “Na verdade, com a Internet, o Tribunal está realizando um sonho, pois é uma ferramenta que vai facilitar muito nosso trabalho, como pesquisa, acesso e troca de informações, integração com as outras Comarcas, consulta a processos, a decisões”, afirmou.    

A importância da visita

 “A importância maior é que nos traz motivação. Nos sentimos muitas vezes sozinhos, isolados, e a presença do Presidente nos fazer acreditar que o Tribunal está preocupado, que está perto, que podemos contar com ele”.

Juíza Substituta Zenice Mota Cardozo  

 

“A gente se sente mais privilegiado. É um incentivo para trabalharmos mais. Como há uma grande distância, é como se não fôssemos notados. A visita do Presidente é uma valorização maior , uma prova do que o Tribunal está disposto a nos ajudar”. 

Josicléia Alves Martins, auxiliar judiciária

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 23/07/2009