Comarca de Cruzeiro do Sul: Execuções Penais promove curso de empreendedorismo para reeducandos

A partir da inspeção realizada na Unidade Penitenciária Manoel Néri da Silva, na cidade de Cruzeiro do Sul, em julho deste ano, quando os 473 reeducandos do estabelecimento demonstraram interesse em participar de cursos profissionalizantes, a Juíza Andréa Brito, titular da 2ª Vara Criminal e Execuções Penais na Comarca, resolveu organizar uma atividade com esse intuito.

Assim, em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Acre (Sebrae-AC), Ordem dos Advogados do Brasil, Ministério Público e Defensoria Pública, a Execução Penal de Cruzeiro do Sul promoveu um evento para motivar e incentivar os reeducandos ao trabalho, com responsabilidade e organização.

O evento aconteceu no Salão do Júri do Fórum Criminal, no dia 27 de outubro passado, e contou com a participação de 100 reeducandos que cumprem penas nos regimes semiaberto, aberto e livramento condicional. O representante do Sebrae-AC, João Alberto, abordou em sua palestra o tema “Empreendedorismo: o caminho certo”.

O palestrante explicou aos participantes que “empreender é realizar propósitos e visões, que o empreendedor deve ter uma visão sistêmica, criatividade, poder de realização e atenção aos riscos”. Segundo ele, o “caminho do negócio é a idéia, oportunidade, viabilidade e a decisão”.

João Alberto mostrou aos reeducandos que ao criar um negócio é necessário que o empreendedor seja competente, o que exige investimento em estudo e conhecimento, assim como o desenvolvimento de habilidades e atitudes. “Cada um de vocês é responsável por crias seu próprio caminho e todos têm a chance de escolher o caminho que pode abrir muitas oportunidades: o trabalho”, finalizou o palestrante.

Saúde

O evento também contou com uma palestra sobre cuidados com a saúde e prevenção à hepatite, ministrada pelo palestrante Heitor Andrade Macêdo Junior, também do SEBRAE, ocasião em que todos os presentes foram orientados quanto aos diferentes tipos de hepatite “a”, “b”, “c” e “d”, como é a transmissão, prevenção e sintomas. Ressalta a importância da realização do teste e da vacinação. Conclui, informando, em números, os casos existentes no Estado do Acre.

Descontração

Após a apresentação dos palestrantes, o humorista local “Veio Zuza” descontraiu os participantes. Jorge Luiz, serventuário da 2ª Vara Criminal de Cruzeiro do Sul, ao mostrar sua verdadeira identidade, deixou uma mensagem aos apenados de apoio e otimismo, da importância deles retornarem para a sociedade com coragem e dignidade.

O evento contou com a participação do promotor de Justiça Walter Teixeira Filho, do defensor público Alberto Gomes e do advogado João Tota, representante da OAB. Todos eles parabenizaram a iniciativa, ressaltando a importância do evento para os reeducandos e a sociedade.

  

No final da atividade houve uma confraternização entre os participantes e convidados, para celebrar o trabalho de ressocialização que se desenvolve na Comarca de Cruzeiro do Sul.

Começar de Novo

A iniciativa da Juíza Andréa Brito na Comarca de Cruzeiro do Sul articula-se aos objetivos do Começar de Novo, um projeto do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) voltado à ressocialização e reinserção de presos e egressos do sistema carcerário no mercado de trabalho.

A reinserção de ex-detentos é considerada pelo CNJ como de fundamental importância para se evitar a reincidência dessas pessoas na criminalidade. Por esse motivo, o Conselho incentiva que os tribunais brasileiros desenvolvam mecanismos que possibilitem a entrada dos egressos do sistema prisional no mercado de trabalho.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 05/06/2015