Acusado de liderar assalto a banco em Feijó é condenado a 22 anos de prisão

Em audiência de instrução singular realizada nesta terça-feira (06), o Juiz de Direito Substituto Manoel Pedroga, da Comarca de Feijó, condenou a 22 anos e seis meses de prisão e ao pagamento de 375 dias/multa João Luiz Baranoski, acusado de liderar um assalto a agência do Banco do Brasil no município, fato ocorrido em outubro de 2009.

Por se tratar de um elemento considerado de alta periculosidade pelas autoridades policiais, um forte esquema de segurança foi montado para o julgamento do réu, que aguardava o pronunciamento da justiça em uma das celas do Presídio Federal de Porto Velho, Estado de Rondônia.

O réu foi acusado pelo Ministério Público pela prática de três crimes: associação para o crime (formação de quadrilha armada), roubo de uma caminhonete (usada no assalto) e roubo a banco.

A audiência de instrução teve início às 09:30h, no Fórum Dr. Quirino Lucas de Moraes, que recebeu reforço policial solicitado pelo magistrado. Pela repercussão que o fato teve entre a população da cidade, grande número de pessoas se fez presente à sessão.Após a audiência, o réu foi trazido   de helicóptero para Rio Branco, de onde seguiu direto para o Presídio federal de Porto Velho.

Em audiência de instrução singular realizada no dia 26 de fevereiro deste ano Eurico Rocha do Nascimento, outro acusado de participar do assalto, foi condenado pelo Juiz Manoel Pedroga   a 30 anos e seis meses de prisão e ao pagamento de 489 dias/multa    e cumpre pena em regime fechado em unidade prisional do município.

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 06/04/2010