Curso sobre sustentabilidade na administração pública é promovido no TJAC

Atividade aborda desafios da A3P, desenvolvida em parceria com a ONU e Ministério do Meio Ambiente.

Iniciou-se nesta terça-feira (24), no Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), o curso ‘Sustentabilidade na Administração Pública’. Em parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU) e Ministério do Meio Ambiente, a atividade segue até o dia 26 (quinta-feira), na Escola do Poder Judiciário (Esjud), para servidores e magistrados do Poder Judiciário, além de participantes de outras instituições.

O curso tem por objetivo aprimorar e ampliar as ações de sustentabilidade na gestão pública e reforçar a implementação da A3P nos órgãos públicos, criada em 1999 pelo Ministério do Meio Ambiente como resposta da administração pública à necessidade de enfrentamento das graves questões ambientais.

A programação aborda uso racional da água, eficiência energética, gestão de resíduos, construções sustentáveis, qualidade de vida no ambiente de trabalho, licitações sustentáveis, sensibilização e capacitação dos servidores, entre outros aspectos.

A coordenadora do Núcleo Socioambiental do TJAC e corregedora geral da Justiça, desembargadora Waldirene Cordeiro, abriu o evento destacando a necessidade de o ser humano ter um olhar diferenciado para administração pública, quando se trata do uso racional de todos os produtos utilizados, bem como dos recursos naturais disponíveis. Ela também salientou sobre o desenvolvimento sustentável é aquele que atende às necessidades do presente, mas sem comprometer a qualidade de vida das gerações futuras.

O curso é ministrado pela advogada e professora Patrícia Barbosa e também pelo administrador Allan Oliveira.

“Cada pessoa deve analisar seu modo dentro da instituição. É quebrar paradigma. É difícil, mas não impossível. Reduzir o consumo e o desperdício, reutilizar os materiais  e reciclar são os princípios básicos para a eliminação ou minimização de impactos negativos sobre o meio ambiente decorrentes das atividades humanas”, ressaltou a palestrante.

O que é A3P?

A A3P é um programa do Ministério do Meio Ambiente criado como resposta da administração pública à necessidade de enfrentamento das graves questões ambientais.

Era preciso pensar em como gastar menos energia para manter as instalações, como reduzir os gastos, como gerar o mínimo de rejeitos, como adquirir produtos que causassem menos danos ao meio ambiente, em suma, como implantar um programa de sustentabilidade na administração pública.

Para tanto foi preciso repensar os padrões de produção e consumo do setor público e, em contrapartida, buscar estratégias que fossem inovadoras. Essas estratégias, foi percebido, estariam associadas à adoção de critérios, princípios e diretrizes sociais e ambientais. E é o que propõe a A3P.

A A3P reflete o interesse da sociedade, ao contribuir para a melhora da eficiência do órgão público, com menos gastos e menor impacto sobre o meio ambiente.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 24/10/2017