Os atendimentos serão realizados em veículos modelo “van”, devidamente equipados. Na van irá dois servidores do Tribunal (conciliador e perito de trânsito), que ajudará os envolvidos a chegaram a um acordo, e um agente de trânsito do DETRAN/AC e um motorista.

O Juizado de Trânsito tem atendimento gratuito para soluções jurídicas imediatas entre os cidadãos envolvidos.

Obtida a conciliação, o acordo será reduzido a termo e encaminhado para homologação judicial, intimadas as partes para, querendo,  receberem cópia do termo respectivo na Secretaria do Juizado.  Impossibilitada ou frustrada por qualquer motivo a conciliação, o pedido será reduzido a termo e encaminhado ao CEJUS – Núcleo Juizado de  Trânsito, para nova sessão de conciliação, intimadas desde logo as partes.

Compete ao CEJUS – Núcleo Juizado de  Trânsito da Capital a homologação dos acordos e o processamento e julgamento dos pedidos reduzidos a termo, oriundos dos atendimentos do Juizado de Trânsito.