ECA na Comunidade orienta alunos para prevenção à violência sexual

Todas as formas de violência, principalmente a sexual, afetam o desenvolvimento saudável dos adolescentes.

As palestras desenvolvidas pelo programa ECA na Comunidade levam informações aos adolescentes para sua proteção. O trabalho preventivo é desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC) e a última atividade educativa do ano de 2019 foi realizada nesta quarta-feira, 27.

O desembargador-presidente Francisco Djalma e a coordenadora da Infância e Juventude Regina Ferrari participaram do encerramento realizado na Escola Estadual Padre Carlos Casavecchia, com os alunos do 8º ano. Na ocasião, os desembargadores falaram sobre a cultura de paz.

CAEm seguida, a pedagoga da 2ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de Rio Branco Alessandra Gonçalves proferiu a última palestra, intitulada “Abuso sexual contra criança e adolescente: o que é? Como identificar? Onde denunciar?”. O abuso sexual é um assunto delicado, mas o enfrentamento a violência inclui a proteção dos adolescentes e a informação é um caminho para isso.

Abordagens e ações ilícitas podem ocorrer em diferentes meios de convivência. Contudo, a garantia do respeito e dignidade à criança e ao adolescente é dever de todos. Deste modo, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) criminaliza os tratamentos desumanos, violentos, aterrorizantes, vexatórios ou constrangedores.

Esse e outros temas da legislação foram expostos em 12 palestras do programa que ocorreram durante este ano, que contemplaram ainda as escolas estaduais: Glória Perez, Djalma Teles, Humberto Soares, Henrique Lima, Ruz Azevedo, Armando Nogueira, Lourival Sombra e Elozira dos Santos.

Colaboraram com as atividades promotores de Justiça, servidores da Secretaria de Estado de Educação, conselheiros tutelares e acadêmicas do curso de Psicologia da Universidade Federal do Acre (UFAC).

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:, ,

Fonte: DIINS Atualizado em 28/11/2019