Presidente do TJAC é homenageada com a Ordem do Mérito Judiciário do TJMS

A distinção é concedida pelo TJMS a personalidades e autoridades que tenham se tornado dignas do reconhecimento da Justiça sul-mato-grossense.

A presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargadora Waldirene Cordeiro, foi homenageada pelo Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul com a honraria no grau de Grã-Cruz. A solenidade ocorreu nesta sexta-feira, 3, no Centro de Eventos Bosque Expo, em Campo Grande. A distinção é concedida pelo TJMS a personalidades e autoridades que tenham se tornado dignas do reconhecimento da Justiça sul-mato-grossense.

Ao todo, foram admitidas no corpo de graduados da Ordem do Mérito Judiciário 59 personalidades, nos graus de Grã-cruz, Grande oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro. A desembargadora-presidente recebeu a medalha do presidente do Tribunal de Justiça de MS, Des. Carlos Eduardo Contar.

“Fico lisonjeada com esse reconhecimento. Eu estou aqui representando magistradas, magistrados, servidoras e servidores da Justiça acreana que trabalham para fazer um Judiciário garantidor dos direitos fundamentais dos usuários da Justiça. Estamos trabalhando em equipe, enfrentando desafios e buscando resultados, comemorando sucessos que são fruto do esforço coletivo”, disse a presidente.

 

Medalha

A Grã-Cruz consta da insígnia da Ordem pendente de uma faixa (banda) na cor vermelha, contendo em cada extremidade lateral uma faixa interna na cor verde, seguida de uma faixa mais externa na cor azul; passada a tiracolo, do ombro direito para a cintura do lado esquerdo, finalizada por um laço com as mesmas características, donde possui a insígnia da Ordem em metal nas cores próprias; ainda no lado esquerdo do peito uma placa dourada com a mesma insígnia.

Em seu discurso na solenidade, o idealizador da honraria, desembargador Carlos Eduardo Contar, ressaltou que ser merecedor da Ordem simboliza triunfo ímpar à existência. “Não importa se empreendendo uma grande obra ou uma série de pequenos projetos, certo é que cada um dos agraciados que hoje recebe a Ordem do Mérito Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul cumpre com dignidade a missão que lhes cabe, e por este valoroso motivo sairão daqui com merecido reconhecimento”, destacou o presidente do TJMS.

Todas as nomeações são feitas por ato do presidente do Tribunal de Justiça, na qualidade de Grão-Mestre, depois de as respectivas propostas serem aprovadas pelo Conselho da Ordem, composto, além do presidente, pelos ex-presidentes em atividade, em número mínimo de, pelo menos, outros dois, que tiverem exercido o Grão Mestrado, sendo que o mais antigo exerce as funções de Chanceler.

*Com informações do TJMS

Ana Paula Batalha | Comunicação TJAC