Coordenadora do Projeto Cidadão recebe visita do prefeito de Cruzeiro do Sul

O encontro foi marcado pela aproximação institucional e a continuidade das tratativas para que a zona rural do município possa ser beneficiado com uma edição do projeto

A coordenadora do Projeto Cidadão, desembargadora Eva Evangelista recebeu em seu gabinete, nesta sexta-feira, 22, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, com objetivo de reforçar a aproximação institucional e a continuidade das tratativas para que o município possa ser beneficiado com uma edição do projeto.

Estiveram presentes, a supervisora do Projeto Cidadão Lenice Lima, o procurador de Cruzeiro do Sul, Raphael Sanson, o controlador-geral do município, Matheus Lima e o secretário de Planejamento e Gestão Paulo Roberto.

 

O prefeito Zequinha falou sobre a finalidade da visita, e também sobre a demanda da localidade para os serviços essenciais, que são oferecidos no Projeto Cidadão. “Primeiro, o objetivo para estreitar a relação com o Poder Judiciário TJ. Segundo, para convidar o Tribunal de Justiça para que a o município de Cruzeiro do Sul possa ser contemplado com uma edição do projeto. Estamos oficializando, em parceria com o governo do Estado e outros órgãos para que possamos levar cidadania principalmente aos moradores da zona rural e ribeirinhos. Nada melhor do que contemplar as pessoas dessa região com o Projeto Cidadão”, concluiu.

A região que será contemplada é a Vila Santa Luzia, considerada a maior região rural de Cruzeiro do Sul. A previsão é também incluir moradores da aldeia indígena dos Katukinas  e as outras dez aldeias dentro daquela região, além de ribeirinhos do Rio Liberdade, Rio Campina, Rio Lagoinha e do Rio Crôa. Uma provável data para a realização do Projeto Cidadão em Cruzeiro do Sul é 17 e 18 de dezembro.

 

A desembargadora Eva Evangelista disse ser um reconhecimento do povo de Cruzeiro do Sul, por meio do prefeito, para que esta ação do Projeto Cidadão, que tanto significa para a população do nosso estado há quase 30 anos de vigência. “É também um reconhecimento de acesso a justiça, uma demonstração do compromisso social do Tribunal de Justiça, com a população mais distanciada das cidades, contando com parceiros e colaboradores indispensáveis para realização das ações”, finalizou.

Enquanto a edição de Cruzeiro do Sul não chega, o município de Assis Brasil é a próxima localidade a ser atendida pelo Projeto Cidadão, nos dias 5 e 6 de novembro.

Elisson Nogueira Magalhaes | Comunicação TJAC