Novas juízas e juízes do TJAC visitam cartórios extrajudiciais de Rio Branco e de Porto Acre

Atividade faz parte do programa de formação inicial para os novos magistrados e magistradas e tem intuito de fornecer subsídios sobre o papel do juiz nas correições em cartórios extrajudiciais

Com o objetivo de compreender as dinâmicas de trabalho, conhecer as ferramentas tecnológicas e os ambientes de atendimento, os 15 novos juízes e juízas de Direto substitutos, empossados pelo Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), visitaram quatro cartórios extrajudiciais de Rio Branco, na terça-feira, 17, e ainda realizaram uma prática de correição no cartório extrajudicial de Porto Acre, na quarta-feira, 18.

Outra intenção das visitas técnicas foi subsidiar os novos magistrados e magistradas sobre seu papel quando forem realizar correições em serventias extrajudiciais. Tanto que na prática realizada em Porto Acre, as novas e os novos integrantes da Justiça estadual foram ao cartório e analisaram as correições realizadas anteriormente na unidade.

 

Em Rio Branco, foram visitados os seguintes cartórios extrajudiciais: 3º Tabelionado de Notas e 3º Registro Civil; Ofício de Registro de Títulos e Documentos e Pessoas Jurídicas; 2º Tabelionato de Protestos de Títulos e Documentos de Rio Branco; e 2º Ofício de Registro de Imóveis.

Nas cinco serventias, os interinos responsáveis por administrar os locais discorreram sobre as funções dos cartórios, as dificuldades, as especificidades, mostrando os arquivos e soluções implantadas para contornar os desafios.

Além disso, foram debatidos sobre os sistemas empregados por cada unidade e a integração das ferramentas tecnológicas dos cartórios com o Extrajud, o sistema de fiscalização e de geração de selos utilizado pela Corregedoria-Geral da Justiça (Coger).

Para o interino do 3º Tabelionato de Notas e 3º Registro Civil, Fredy Pinheiro Dasmaceno, o Extrajud trouxe benefícios para o trabalho. “O sistema de fiscalização do Tribunal hoje é maravilhoso, veio integrar. Quero parabenizar, que foi um desafio e ficou muito bom”, comentou

O juiz de Direito Leandro Leri Gross, auxiliar da Presidência do TJAC, junto com o servidor Jovanny Fogaça, gerente de fiscalização extrajudicial (Gefex), e a servidora Lúcia Rodrigues da Escola do Poder Judiciário do Acre (Esjud), acompanharam os 15 novos juízes e juízas nas visitas técnias, que integram o programa de formação inicial de magistrados ministrado pela Esjud em parceria com a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).

Emanuelly Falqueto | Comunicação TJAC