Presidente do TJAC apresenta projeto ao prefeito de Rio Branco para homenagear Des. Jorge Arakem

Desembargadora Waldriene Cordeiro apresentou ao prefeito Tião Bocalom, projeto que sugere que Rua Tribunal de Justiça ganhe o nome de Alameda Desembargador Jorge Araken

Atualmente a rua onde fica localizada a sede administrativa do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), carrega seu nome. A desembargadora-presidente Waldirene Cordeiro, esteve na manhã desta sexta-feira, 23, reunida com o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, para apresentar o projeto que sugere a alteração  do nome para Alameda Desembargador Jorge Araken.

A proposta tem como intuito homenagear, em memória, o desembargador Jorge Araken, por toda sua trajetória profissional no Acre. Para isso, ele precisa ser apresentado na Câmara de Vereadores para aprovação.

A sugestão apresentada pela presidente do TJAC, foi construída em comum acordo com os demais desembargadores. Segundo a desembargadora Waldirene Cordeiro, é uma justa homenagem a Jorge Araken, que faleceu em dezembro de 2020. “Trata-se de uma homenagem merecida que gostaríamos de fazer ao desembargador Jorge Araken, por toda sua trajetória no Poder Judiciário, sua atuação com compromisso e trabalho reconhecido com legalidade no âmbito jurídico e acadêmico. São muitas as histórias que guardamos, que expressam sua garra, luta e conquistas em uma trajetória marcada pelo servir, missão que exerceu com respeito e dignidade”, ressaltou.

O prefeito Tião se prontificou a apresentar a proposta e ressaltou o quanto o desembargador Jorge Araken contribuiu com a Justiça acreana. “Certamente iremos abraçar essa proposta e dar os encaminhamentos. O desembargador Jorge Araken foi e é uma referência para muita gente e contribuiu muito com sua carreira jurídica”, comentou o prefeito. 

O desembargador Jorge Araken, de 1968 a 1985, foi o único desembargador, até então, presidente por dois mandatos, quando a Corte Acreana era composta ainda por cinco desembargadores.

Andréa Zílio | Comunicação TJAC