Presidente do TJAC é homenageada com Medalha da Ordem do Mérito Judiciário

A distinção é concedida pelo TJPA a personalidades e autoridades que tenham se tornado dignas do reconhecimento

A presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargadora Waldirene Cordeiro, foi homenageada pelo Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) com a Medalha da Ordem do Mérito Judiciário.

A cerimônia, que ocorreu nesta quinta-feira, 9, foi conduzida pela presidente da Corte de Justiça paraense, desembargadora Célia Regina de Lima Pinheiro. A desembargadora-presidente do TJAC participou do evento por videoconferência. 

Instituída pela Resolução nº. 008/2005, de 01 de junho de 2005, a insígnia é outorgada por decisão unânime dos membros do Conselho da Ordem do Mérito Judiciário Paraense em quatro graus que compõem a Ordem: Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro.  Na ocasião, a desembargadora-presidente do TJAC foi agraciada com a honraria no grau de Grã-Cruz, que é o grau máximo.

Na escolha dos homenageados, de acordo com a Resolução nº. 008/2005, são considerados “os inestimáveis serviços prestados ao povo e ao Estado do Pará por aqueles que, numa labuta profissional incessante na busca do desenvolvimento neste Estado, de forma desprendida de qualquer interesse pessoal, competência técnica e postura ética, enobrecem e servem de exemplo a todos”.

Ainda conforme a Resolução nº. 008/2005, a condecoração atende ao dever do Poder Judiciário de “tornar público seu reconhecimento àqueles que muitas vezes com sacrifício pessoal, merecem a gratidão e admiração do povo e do Judiciário paraense, pelo empenho em favor das causas públicas”.

“Sinto-me feliz em dividir esse momento com servidoras, servidores, magistradas, magistrados do Pode Judiciário acreano, com todas e todos que atuam firmemente para fazer um Judiciário garantidor dos direitos fundamentais dos usuários da Justiça. É uma honra receber essa homenagem e estar com personalidades que tem contribuído tanto com a sociedade”, disse a desembargadora-presidente do TJAC.

Em discurso, a presidente do TJPA, desembargadora Célia Pinheiroque disse que os esforços, ora reconhecidos na cerimônia, trazem à tona todo o grau de dedicação dos que têm como prioridade o ato de servir à comunidade. “Em ambientes de constantes avanços tecnológicos, nas necessidades de adaptação e de readaptação e da busca progressiva de superação do momento pandêmico, é fundamental construir um futuro, a partir do presente, com resiliência, alteridade e temperança”, afirmou a desembargadora Célia Pinheiro.

*Com informações do TJPA

Ana Paula Batalha | Comunicação TJAC