Computadores doados pela Justiça Eleitoral serão utilizados em projetos sociais do TJAC

A doação de computadores alcançará crianças e adolescentes em vulnerabilidade, permitindo que posam ser integrados em atividades para adquirir conhecimentos, habilidades e competências

Na manhã desta segunda-feira, dia 9, a parceria institucional entre o Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) e o Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) se renovou em mais uma ação afirmativa: a Justiça Eleitoral doou 56 computadores, 10 impressoras e 38 monitores ao TJAC, que serão utilizados em projetos sociais da instituição.

A doação foi recebida pela desembargadora-presidente Waldirene Cordeiro e pela coordenadora estadual da Infância e Juventude (CIJ), desembargadora Regina Ferrari. Os equipamentos serão utilizados em atividades educativas e profissionalizantes realizadas nas casas de acolhimento e no Instituto Socioeducativo do Acre (ISE).

Ao assinar o Termo de Doação, a presidente do TJAC parabenizou o olhar sustentável do TRE. “Os equipamentos irão fortalecer iniciativas que promovem a educação e inclusão digital, permitindo avanços das atividades da Rede de Proteção. É muito gratificante fazer parte desse fluxo do bem, porque outras articulações poderão ser construídas a partir desses recursos”, disse a desembargadora Waldirene.

O TJAC tem vários projetos sociais implementados visando a proteção de crianças e adolescentes, porquanto a coordenadora da CIJ destacou a importância dessa contribuição: “o desenvolvimento de competências é um investimento que transforma vidas, pois estamos estimulando o aprendizado de crianças em acolhimento e fomentando oportunidades de inserção no mercado de trabalho para adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas”, enfatizou Ferrari.

No encerramento da agenda, o presidente do TRE-AC, desembargador Francisco Djalma presenteou as desembargadoras com camisetas comemorativas dos “90 anos da Justiça Eleitoral”. Djalma contextualizou que a data também se refere ao voto feminino, sendo esses marcos históricos da democracia do país.

 

Miriane Teles | Comunicação TJAC