Magistrados e servidores participam de curso sobre formação de adultos em ambientes não presenciais

A atividade, que segue até dezembro de 2021, tem a participação de servidores e magistrados que atuam como formadores e organizadores de conteúdo.

A Escola do Poder Judiciário (Esjud) iniciou nesta quinta-feira, 14, o curso “Ensinando a ensinar: os desafios da formação de adultos em ambientes não presenciais – FOFO – Nível 2”. A atividade, que segue até dezembro de 2021, tem a participação de servidores e magistrados que atuam como formadores e organizadores de conteúdo e foi aberta pela coordenadora pedagógica, juíza de Direito Zenice Cardozo.

Na ocasião, em nome da escola, ela concedeu as boas-vindas aos participantes e enfatizou sobre a importância da capacitação e treinamentos. Ela agradeceu ao público e desejou que, ao final da atividade, todos saiam melhores formadores.

O curso terá encontros síncronos (presenciais) na Plataforma Google Meet, totalizando 20 horas/aula. E encontros assíncronos (não presenciais), com 10h/a, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da Esjud.

Os temas a serem abordados ao longo da atividade englobam Andragogia/Ensino não presencial, Diferentes formas de aprender/Os processos de ensino e aprendizagem, Avaliação/Taxonomia de Bloom/Instrumentos-Procedimentos de avaliação; Processos Pedagógicos/Competência/Metodologias Ativas e Tecnologias para educação/O uso intencional no processo pedagógico.

O formador é Breno do Nascimento, mestre em Educação, com especialidade em TICs e educação a distância. Possui graduação em Sistemas de Informação e experiência em docência no ensino superior e educação profissional. Possui formação em tutores no contexto da magistratura e diversos cursos de formação de formadores.

Em seu pronunciamento, ele ressaltou que a Esjud não mediu esforços para a formação. “O título traz um desesperar para os desafios da formação de adultos em ambientes não presenciais. Mas o desafio, é superá-lo de alguma forma e como vencer os obstáculos que nasceram com as novas tecnologias que estão conosco a muito tempo. É o foco da nossa formação”, ressaltou

Assessoria | Comunicação TJAC