Desembargadora-presidente prestigia evento de entrega das novas instalações do TRE-AC

Novas instalações da Corte Eleitoral acreana representam a concretização de um sonho da magistratura local, plantado ainda durante a gestão do Des. Pedro Ranzi (2011-2013)

A presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargadora Waldirene Cordeiro, prestigiou, na manhã desta quinta-feira, 29, a entrega das obras de ampliação e reforma da sede do TRE-AC.

Também estiveram presentes ao evento, que respeitou todas medidas sanitárias em vigor, a presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Acre, desembargadora Denise Bonfim; a desembargadora Regina Ferrari (ex-presidente) e os desembargadores Luís Camolez (vice-presidente e corregedor eleitoral), Roberto Barros e Samoel Evangelista; além do governador do Estado, Gladson Cameli, entre diversas outras autoridades.

Convidado de honra, o ministro do STF e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Roberto Barroso marcou presença na entrega da nova sede do TRE-AC, que conta com mais de 10 mil metros quadrados de área construída, muito mais ampla, acessibilidade, planejamento e espaços mais adequados para que servidores e servidoras, magistrados e magistradas, procuradores e procuradoras, desempenhem suas funções em prol da Democracia, contra os crimes eleitorais.

“Vivemos hoje um dia de extrema felicidade, uma data histórica para a Justiça eleitoral acreana; (…), principalmente, por aclarar o comprometimento profissional da administração deste tribunal com os servidores e servidoras, magistrados e magistradas, procuradores e procuradoras que atuam na justiça eleitoral, merecedores que são de todas as condições técnicas, estruturais e logísticas necessárias ao bom desempenho de seu valioso trabalho; uma construção moderna, mas sem exageros, que atende os requisitos socioambientais, de acessibilidade e de segurança”, disse a presidente do TRE-AC, desembargadora Denise Bonfim.

A magistrada presidente da Corte Eleitoral acreana também recordou, no tempo, a época em que “uma bela história de cooperação, (…) uma conquista de muitas mãos, teve início na gestão do desembargador Pedro Ranzi (Biênio 2011-2013), quando foi lançada a pedra fundamental desta obra”.

“Nesta vitoriosa trajetória, destaca-se, como imprescindível, para que aqui chegássemos, o empenho, a dedicação e a competência implementados nas gestões presididas pelos desembargadores Samoel Evangelista, Roberto Barros e desembargadora Regina Ferrari. Nesse mesmo sentido, registre-se o incansável trabalho desempenhado pelos desembargadores Elcio Mendes e Luis Camolez, que, na presente gestão, nas condições de vice-presidente e corregedor, não economizaram esforços para a concretização deste sonho que ora realizamos.”

Boas-vindas

O desembargador Luís Camolez deu as boas-vindas ao ministro Roberto Barroso e, fugindo ao protocolo, realizou breve leitura do curriculum do convidado, optando por ler, no Plenário da Corte, várias passagens memoráveis ditas por Barroso em defesa da Democracia, da independência dos poderes e do grau de maturidade das instituições públicas brasileiras, em um momento, para alguns, de grande emoção. 

“Ministro, esse é um estado guerreiro. Esse é um estado que lutou para ser brasileiro. Aqui não é o final do Brasil, aqui é o início do nosso país, onde fazemos fronteiras com dois países – a Bolívia e o Peru – e onde é a morada de um povo determinado, que ecoa no coração as palavras ‘sem recuar, sem cair, sem temer’. Quero aqui deixar minha mensagem de agradecimento ao Poder Judiciário do Estado do Acre”, falou o Governador do Estado Gladson Cameli.

Já o ministro Barroso se disse feliz e bem recebido no Acre. Ele destacou a modernidade das instalações, que contam mecanismo anti-pânico, em caso de incêndio, mas ressaltou a importância ainda maior da atividade fim do Judiciário: a prestação jurisdicional (e a consequente pacificação social).

“Eu tenho muito prazer e muita honra de estar aqui. E na vida, poder agradecer é uma benção. Então, a primeira coisa que quero fazer é agradecer de coração essa homenagem. Estão todos de parabéns, é um belíssimo prédio e a alma que vai se colocar dentro dele também estou certo de que será ainda mais bonita, a alma da Justiça”, considerou o ministro Roberto Barroso.

Medalha do Mérito da Justiça Eleitoral

Durante o evento, a presidente do TRE-AC homenageou, com a outorga da Medalha do Mérito da Justiça Eleitoral, o ministro Roberto Barroso, pelos relevantes serviços prestados à Democracia, ao sistema eleitoral brasileiro e à Justiça Eleitoral do Estado do Acre.

Assessoria | Comunicação TJAC